Seejuv e sociedade debatem políticas públicas no Dia Internacional da Juventude

“A juventude clama: queremos um mundo novo” foi tema debatido nesta semana em live realizada pela Secretaria de Estado da Juventude (Seejuv), como parte da programação da Semana Estadual da Juventude.

No Dia Internacional da Juventude, a Seejuv, em parceria com as gestões municipais, realizou vários debates virtuais com diferentes temas inerentes à juventude maranhense. A programação do dia 12 iniciou-se às 10h com a atividade “Juventude conscientizando juventude em plena pandemia”, proposta Secretaria de Juventude do município de Belágua. 

O gestor de juventude de Belágua, Talismã de Souza, ressaltou a importância da semana estadual para a juventude maranhense. “Para nós, enquanto belaguenses, é um orgulho participar de uma semana tão importante, cheia de informações e ações, ainda mais neste momento de pandemia que nos desafia; é importante, principalmente, para que a juventude pudesse ter este momento de construção coletiva”, afirmou.

O município de Açailândia contribuiu com um debate sobre “Abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes/SELO UNICEF – Comissão Juvenil do Fórum D.C.A”. A gestão de Juventude de Pedreiras trouxe o tema sobre “Inovação em Políticas de Juventude em Pedreiras: bate papo sobre os avanços das PPJ’s municipais nos últimos anos”. E dando prosseguimento à programação, a gestão de Juventude de Caxias explanou as ações realizadas no município em prol da juventude.

A live mostrou um olhar sobre a juventude em tempo de pandemia. A secretária de Estado da Juventude, Tatiana Pereira, enfatizou a importância da participação da juventude como ator de transformação, principalmente em tempos de pandemia da Covid-19, pontuando os programas e projetos que, de fato, colocam os jovens como verdadeiros protagonistas. 

“A participação da juventude é essencial para a construção de nossa sociedade, pois estamos vivendo o que chamam de novo normal e a juventude, neste novo normal, clamar por um futuro melhor, clama por um mundo novo. Mas, primeiro, vamos construir um hoje, para que esse futuro seja próspero”, ressaltou a secretária.

O presidente do Conselho Estadual de Juventude, Eduardo Corrêa, apresentou os pontos positivos da construção da Semana Estadual da Juventude como uma política pública que demonstra novas perspectivas e evidencia que um novo mundo é possível. “É muito importante esta semana que Secretaria de Juventude está construindo e mostrar um novo olhar, pois um novo mundo é possível por meio de políticas públicas claras, não só para a juventude do Maranhão, mas para a juventude do mundo”, afirmou.

A deputada Estadual Daniella Tema falou o quanto foi importante a aprovação da Lei nº 11.082, que criou a Semana Estadual da Juventude. Informou que a Lei foi fruto de diálogo amplo, construído em conjunto com os movimentos de juventude e pautado pela Seejuv. “A semana veio de pedidos dos mais diversos segmentos e, hoje, estamos aqui pautando a juventude, mesmo em um momento de pandemia; é a juventude se reinventando para que esta semana aconteça. A juventude maranhense está de parabéns”.

O secretário de Estado de Direitos Humanos e Participação Popular, Francisco Gonçalves, fez um histórico da luta dos jovens dentro da sociedade brasileira, dos espaços de direitos, com momentos importantes, e mostrou que a juventude foi um ator chave no processo de redemocratização. “A juventude tem uma forte presença nos movimentos sociais, nas defesas das grandes causas da humanidade, mas, ao mesmo tempo, é um segmento que enfrenta diferentes problemas, e esses problemas dizem respeito ao aceso às políticas públicas; compreendemos os jovens não como só como um sujeito de direito, mas também como um ator chave na sociedade brasileira ao logo de sua história”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.