Seduc reúne com Simproesemma para tratar sobre retorno híbrido às aulas na rede pública

A Secretaria de Estado da Educação (Seduc) realizou, na segunda-feira (5), uma reunião remota com a diretoria do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica das Redes Públicas Estadual e Municipais do Estado do Maranhão (Sinproesemma) para tratar sobre o retorno às aulas nas escolas da rede pública estadual, em formato híbrido. A reunião marca o início de uma série de debates que o Governo do Estado realizará com diversas instituições sobre os protocolos necessários que garantam a segurança das comunidades escolares, no retorno às aulas presenciais.

A secretária adjunta de Gestão da Rede de Ensino e da Aprendizagem, Nádya Dutra, destaca a importância do diálogo com a entidade representativa da categoria dos professores. “Diálogo com o sindicato é uma importante etapa do planejamento de retorno às aulas. O momento nos fala sobre um retorno gradual, seguro e com o olhar atento para as particularidades de cada comunidade escolar, bem como sobre a valorização das experiências docentes nos últimos 16 meses de ensino remoto. Seguiremos ampliando o debate”, pontuou.

“Esse debate é importante para construirmos o caminho da retomada das aulas. O Sinproesemma defende estabelecer a segunda quinzena de agosto para o retorno híbrido, visto que teremos tempo de fazer o acolhimento e o planejamento da comunidade escolar e ainda finalizar o ciclo de vacinação dos trabalhadores em educação com a segunda dose. É importante salientar ainda a necessidade de voltarmos a discutir sobre progressões, titulação, promoções e ampliação de matrícula dos trabalhadores em educação, como uma forma de valorizar o trabalho desenvolvido pelos educadores”, concluiu o presidente do Sinproesemma, Raimundo Oliveira.