São Luís representa o Brasil em simpósio internacional de boas práticas governamentais

A última semana de abril foi marcada pela participação de São Luís no evento internacional “Connective Cities Virtual Dialogue”, reunindo experiências de sucesso em boas práticas governamentais. Ao todo, 34 países apresentaram suas ideias em uma  proposta de ação que envolve o compartilhamento de soluções comuns a todos os países. O evento foi organizado pela comunidade Connective Cities em colaboração com a cidade de Bonn (Alemanha), que tem ampla experiência em relatórios de sustentabilidade e pretende compartilhar sua experiência no trabalho com Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU – ODS.

São Luís foi a única experiência brasileira nesta edição do evento, representada pela Secretaria Municipal de Inovação, Sustentabilidade e Projetos Especiais – Semispe. Os debates em torno da capital maranhense foram realizados ao lado de países como Ucrânia, Alemanha, Bolívia, Estados Unidos, Grécia, Etiópia, França, Gana, Moçambique e Namíbia, a partir de espaços para discussão aprofundada dos desafios atuais em torno de uma construção conjunta de soluções inovadoras para o desenvolvimento urbano sustentável. “São Luís agora faz parte de um circuito importante para a cooperação técnica internacional que dará mais oportunidades para novos parceiros integrarem nossos projetos. Com isso damos mais um passo rumo à uma cidade mais humana, inovadora e sustentável”, pontuou André Lobão, Assessor de Desenvolvimento Sustentável da Semispe.

O Plano de Economia Criativa para o Desenvolvimento Sustentável de São Luís foi selecionado para ser apresentado no evento e outros países puderam conhecer mais sobre essa experiência de sucesso. Para Verônica P. Pires, titular da Semispe, a participação no evento é uma resposta positiva para o trabalho realizado em São Luís. “Isso nos dá certeza de que estamos acertando com as estratégias desenvolvidas na Semispe, alinhados com pautas importantes no cenário internacional para o desenvolvimento sustentável da nossa Cidade”, pontuou a secretária da Semispe, Verônica P.Pires.

A participação no evento também proporcionou maior visibilidade para a cidade de São Luís em um cenário internacional, e os resultados vão além da troca de experiências – o que já é positivo. “O mundo inteiro viu nossas práticas e entendeu nossas propostas de uma economia criativa voltada para o desenvolvimento sustentável da cidade. Agora a gente espera que isso atraia parcerias internacionais para futuros projetos, já que o potencial para isso nós já temos”, finalizou Vêronica P.Pires, titular da Semispe.