Rádio Educadora FM 88.3 Mhz inicia transmissão em fase de teste

A direção da Rádio Educadora, Emissora da Arquidiocese de São Luís do Maranhão, anunciou nesta quinta-feira (8), um momento histórico para a radiodifusão maranhense e para as emissoras de inspiração católica do Brasil: a partir de hoje, a emissor passa a funcionar em fase de teste sua transmissão, após migração de amplitude modular (AM) para frequência modular (FM), onde ocupará no dial a frequência 88.3 Mhz.

Com a mudança, além da qualidade na sintonia do sinal, a Rádio Educadora inicia uma nova fase de concorrência, necessária para a adequação aos novos tempos do rádio. O que deve acompanhar uma mudança na linguagem e na programação.

O anúncio foi dado pelo padre Gutemberg Feitosa, da diretoria da Rádio:

“Para a direção, equipe, ouvintes e apoiadores, é um momento histórico da migração da rádio do povo de Deus, do AM para o FM, é razão de alegria! Deus tem abençoado esta rádio, por intercessão de São José de Ribamar, pai da Providência e nós chegamos neste momento de realizar a migração”, se alegrou ao confirmar à equipe do site da Arquidiocese, padre Gutemberg.

Padre Gutemberg ainda reforçou que a transmissão inicia em caráter experimental, de teste e ajustes, porém, em breve, estarão em pleno funcionamento. E reforçou a importância do momento histórico:

“Mesmo em fase de teste já é a Educadora FM, já é uma grande alegria, já é uma vitória de Deus em nossas vidas. Para bem servir o povo de Deus da Arquidiocese e do Maranhão”, confirmou.

E concluiu sua fala uma frase slogan da Rádio:

“Rádio Educadora, FM católica, a primeira da faixa e no coração do ouvinte”.

Síntese do processo de transição

O processo de transição foi anunciado pelo então ministro das comunicações, Paulo Bernardo, no dia 17 de outubro de 2013 e o decreto da transição, no dia 7 de novembro do mesmo ano, data que marca o Dia do Radialista.

Porém, apenas em 2015, dois anos depois, foi anunciado pelo Governo os critérios de migração, ou seja, os critérios de adaptação das outorgas, incluindo os valores a serem pagos com a mudança de faixa. Estes valores levaram em consideração o número de habitantes dos municípios onde as emissoras atuam.

A mudança implicou a troca de: transmissores, antenas e equipamentos auxiliares. Por todas estas fases a Rádio Educadora precisou passar.

Agora, já com a parte técnica instrumental adiantada, a emissora deve avançarnos ajustes necessários para sua operação.

Rádio Educadora: https://educadora560.com.br