Projeto Extrativismo Sustentável realiza exposição de produtos e desfile de biojoias produzidas por comunidades extrativistas no MA

O Projeto Extrativismo Sustentável no Maranhão realizou nesta semana, uma exposição de produtos da primeira coleção de biojoias e itens de decoração da marca “Estrela da Serra”. Intitulada “Criador e Criatura”, a coleção trouxe peças que foram confeccionadas à mão por agricultoras, artesãs e quebradeiras de coco das comunidades extrativistas na região tocantina, das cidades de Imperatriz, Cidelândia, Davinópolis, Buritirana e João Lisboa.

O projeto é uma iniciativa da Suzano em parceria com o Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (FUNBIO) e tem como parceiro implementador a organização de Desenvolvimento Extensão Amazônia. O objetivo é de promover o extrativismo sustentável no Maranhão por meio do fortalecimento dos processos de gestão, produção e comercialização de produtos comunitários.

A artesã Eudilene Rodrigues, é uma das mulheres integrantes do projeto. Ela conta que, ao fazer o curso de fabricação de biojoias, ficou encantada com as possibilidades criativas que o extrativismo sustentável proporciona. “Antes do curso eu passava pela floresta, via uma sementinha e não dava importância, mas depois que conheci o processo, passei a observar tudo ao meu redor e imaginar os itens que posso desenvolver com os insumos naturais”, relata.

Para o Coordenador de Desenvolvimento Social da Suzano, Diego Carrara, a iniciativa reforça o compromisso da companhia de fortalecer o trabalho e a dedicação das comunidades extrativistas na região. “Estamos muito entusiasmados com esse projeto cheio de diversidade e beleza. Quando valorizamos trabalhos como estes, estamos impulsionando a economia local, gerando renda para essas artesãs, contribuindo com a preservação da cultura dessas comunidades e promovendo a apreciação da biodiversidade única do Maranhão”, afirma.

Durante o evento também foram apresentados os resultados do projeto até agora e as metas para 2024. De acordo com George Thomas, Gerente Geral da organização de Desenvolvimento Extensão Amazônia, a implementação de novos produtos a partir do extrativismo sustentável promete trazer bons resultados. “A estratégia já envolve 76 famílias de artesãs, espalhadas em cinco municípios e nove localidades rurais. Ainda este ano será inaugurado o ‘Centro de Arte da Sociobiodiversidade Estrela da Serra’, onde estarão vinculados nano e micro empreendimentos, nos deixando ainda mais confiantes que colheremos bons frutos dessa iniciativa em 2024.”, explica.

A iniciativa deve seguir com a agenda de capacitações durante o ano, passando por várias regiões e continuando a missão de preservar os ecossistemas locais e fortalecer as estruturas sociais e econômicas de comunidades tradicionais do Maranhão.

Sobre a Suzano   

A Suzano é a maior produtora mundial de celulose, uma das maiores produtoras de papéis da América Latina, líder no segmento de papel higiênico no Brasil e referência no desenvolvimento de soluções sustentáveis e inovadoras a partir de matéria-prima de fonte renovável. Nossos produtos e soluções estão presentes na vida de mais de 2 bilhões de pessoas, abastecem mais de 100 países e incluem celulose; papéis para imprimir e escrever; papéis para embalagens, copos e canudos; papéis sanitários e produtos absorventes; além de novos bioprodutos desenvolvidos para atender a demanda global. A inovação e a sustentabilidade orientam nosso propósito de “Renovar a vida a partir da árvore” e nosso trabalho no enfrentamento dos desafios da sociedade e do planeta. Com 100 anos de história, temos ações nas bolsas do Brasil (SUZB3) e dos Estados Unidos (SUZ).  Saiba mais em: www.suzano.com.br.  

Sobre o FUNBIO

O Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (FUNBIO) é um mecanismo financeiro nacional privado, sem fins lucrativos, que trabalha em parceria com os setores governamental e privado e a sociedade civil para que recursos estratégicos e financeiros sejam destinados a iniciativas efetivas de conservação da biodiversidade. Desde o início das atividades, em 1996 o FUNBIO já apoiou 411 projetos que beneficiaram 305 instituições em todo o país. Entre as principais atividades realizadas estão a gestão financeira de projetos, o desenho de mecanismos financeiros e estudos de novas fontes de recursos para a conservação, além de compras e contratações de bens e serviços.