Programa Comida na Mesa contempla 13 municípios com 24 mil cestas básicas

O Governo do Estado segue com as distribuições do programa Comida na Mesa, levando alimento a quem precisa, em todo o Maranhão. Nesta segunda-feira (21), foram 13 cidades beneficiadas com a entrega de mais 24 mil cestas de alimentos, no Palácio dos Leões. Coordenado pela Secretaria de Estado de Agricultura Familiar (SAF), o programa garante o alimento a famílias vulneráveis, estimula as comunidades produtoras e contribui também para movimentar a economia nas localidades atendidas.

O governador Flávio Dino lembrou as mais de 500 mil mortes por Covid no Brasil, colocando o país como o segundo do mundo em óbitos pela doença. “Infelizmente, podemos ter, no próximos 40 dias, o Brasil ultrapassando os Estados Unidos. E devemos indagar se essas mortes não seriam, em larga medida, evitáveis. Agradeço ao povo do Maranhão, que tem sido muito compreensivo nessa hora de dificuldade. Comida na Mesa, Vale Gás, obras, cuidados sanitários, tudo é uma coisa só, celebrando a vida como valor. No nosso governo, trabalhamos diuturnamente, tentando acertar. E tem governo e ação, todos os dias. A hora é de trabalho e é o que estamos fazendo no Maranhão”, pontuou. 

“Com este programa, o Governo investe na agricultura familiar e na ampliação da rede de assistência social e de segurança alimentar. Hoje, mais prefeituras sendo contempladas com alimento que serve para amenizar a fome do povo maranhense e também, para garantir renda aos agricultores familiares que estão fornecendo os produtos para composição destas cestas”, reforçou o secretário da SAF, Rodrigo Lago. 

As cidades contempladas nesta segunda são Bacurituba (215), Bequimão (809), Olinda Nova do Maranhão (563), Palmeirândia (751), Peri Mirim (545), Pinheiro (3.183), Presidente Sarney (724), Santa Helena (1.614), São João Batista (786), São José de Ribamar (6.803), São Vicente Ferrer (849), Turilândia (982) e Caxias (6.176), somando 24 mil cestas de alimentos distribuídos.

O prefeito de Peri Mirim, Heliezer Soares, enfatizou o compromisso do Governo com os municípios. “Uma grande importância termos um governador que é realmente municipalista e tem parcerias para desenvolver todos os municípios do Maranhão. Neste momento de pandemia, o Comida na Mesa é muito significativo, pois garante alimento às famílias que precisam. O Governo mostra compromisso, dando as mãos aos municípios para amenizar a fome e os prejuízos da pandemia no Maranhão”, disse. 

O Comida na Mesa é realizado em parceria com as prefeituras e tem como foco a garantia da segurança alimentar de todos os maranhenses, minimizando os efeitos da pandemia do novo coronavírus. Com as entregas desta segunda, totalizam 72 cidades já beneficiadas pelo programa com mais de 83,6 mil cestas de alimentos. 

A distribuição de cestas de alimentos é um dos eixos do programa, que promove ainda a venda de refeição a preços acessíveis, por meio da rede de Restaurantes Populares; a aquisição de alimentos da agricultura familiar, para doação; e o acesso à compra do gás de cozinha às famílias de baixa renda. Para as ações do Comida na Mesa, o Governo do Estado investe R$ 180 milhões. 

Presentes ao evento, o secretário de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid), Márcio Jerry, os secretários de Estado de Governo, Sérgio Delmiro (Agricultura, Pecuária e Pesca), Rubens Júnior (Articulação Política), Junior Verde (presidente do Instituto de Colonização e Terras do Maranhão – Iterma), Roboson Paz (diretor da Rádio Timbira), Catulé Junior (Setur) e Ivaldo Rodrigues (adjunto da SAF); o presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, Othelino Neto; os deputados estaduais Ariston Ribeiro, Leonardo Sá, José Inácio, Glalbert Cutrim e Thaíza Hortegal; os deputados federais Pedro Lucas Fernandes e Antônio Neto; os prefeitos Letícia Barros Costa (Bacurituba), João Martins (Bequimão), Conceição Curtim (Olinda Nova do Maranhão), Edilson Campos (Palmeirândia), Valéria Castro (Presidente Sarney), Zezildo Almeida (Santa Helena), Emerson Pinto (São João Batista), Adriano Freitas (São Vicente Ferrer), José Paulo Dantas (Turilândia); e os vice-prefeitos de Pinheiro, Ana Paula Lobato e São José de Ribamar, Junior Lago.