Prefeitura realiza ação de combate às ISTs/AIDS na Feirinha São Luís neste domingo (6)

Como parte da programação do mês de combate às Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) e AIDS, a Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), promove neste domingo (6), a partir das 8h30, um trabalho de conscientização na Feirinha São Luís, na Praça Benedito Leite. No local, a coordenadoria do programa IST/AIDS destacará a importância da precaução quanto à doença, fortalecendo o trabalho preventivo realizado ao longo da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior. 

Na Feirinha membros da Semus realizarão abordagens aos frequentadores sobre formas de prevenção da doença, distribuirão preservativos e poderão fazer encaminhamentos para a realização de testes rápidos. Além do trabalho de orientação, também serão ofertados serviços de aferição de pressão arterial e testes de glicemia, obedecendo a todos os critérios de higienização e segurança contra a Covid-19. 

A doença, aliás, prejudicou parcialmente o trabalho de controle da AIDS, já que alguns pacientes em potencial deixaram de ir às unidades para acesso aos testes rápidos. “Por isso, está sendo fundamental o trabalho em campo dos nossos agentes e ainda é preciso massificar nos veículos oficiais a oferta dos serviços de testagem nos Centros de Testagem e Aconselhamento do Lira e Anil”, disse a secretária de Saúde de São Luís, Natália Mandarino. 

PREVENÇÃO

A prevenção é o norteador da campanha contra a AIDS lançada este ano pelo município e que tem como tema “Se Liga nos Teus Direitos e Combina a Prevenção”. Além da ação na Feirinha São Luís, a gestão municipal oferta serviços nos Centros de Testagem e Aconselhamento no Lira e Anil e membros da Semus também farão agendas externas para a ampliação do trabalho preventivo com abordagens, atividades educativas na perspectiva da prevenção combinada, distribuição de preservativos, de géis lubrificantes e estímulo à testagem do HIV que ocorrerão durante todo o mês.

Ainda como forma de combate à doença, todas as unidades básicas intensificarão as ações de mobilização e prevenção em comunidades, escolas, empresas, igrejas e outros locais. Durante todo o ano, a Semus desenvolve projetos com o foco na prevenção e atendimento de públicos específicos. 

Dados do setor específico da secretaria apontam que os casos de AIDS notificados na capital maranhense, entre 2014 e 2019, caíram 62%. O número de óbitos no período também sofreu queda, devido ao diagnóstico mais precoce e massificação das campanhas de prevenção, além de ampliação da cobertura de casos.