.

Prefeitura e Sebrae concluem primeiro ciclo de capacitação dos comerciantes do Programa de Revitalização do Centro Histórico de de São Luís

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Sustentabilidade, Inovação e Projetos Especiais (Semispe), em parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/Maranhão) concluiu, nesta semana, as ações de formação voltadas aos comerciantes do Programa de Revitalização do Centro Histórico. 

As atividades tiveram o objetivo de preparar os microempreendedores para a inserção no mercado digital. Foram capacitados um total de 230 comerciantes. Devido à pandemia, os cursos foram divididos em dois ciclos, seguindo todos os protocolos de saúde recomendados. 

As ações formativas foram iniciadas no mês de junho, encerrando o ciclo com a oficina de Marketing Digital, ministrada pelo analista técnico do Sebrae, David Amorim. Foram contemplados proprietários de pequenos negócios das áreas do Parque Bom Menino, Praça da Bíblia, Praça da Misericórdia, Praça da Saudade, Fonte do Bispo e Centro Histórico. 

“Nós compreendemos que era necessário incluir estes permissionários no mercado digital, para que eles continuassem comercializando seus produtos e alcançassem novos públicos, como alternativa de minimizar os impactos causados pela pandemia. E para que haja essa retomada do comércio, a gestão Eduardo Braide tem oferecido apoio e parcerias para que os trabalhadores possam estar cada vez mais preparados para um melhor serviço na nossa cidade”, ressaltou a secretária municipal da Semispe, Verônica P. Pires.

Capacitação 

Entre os assuntos abordados durante esta etapa da capacitação esteve a palestra “A transformação começa por você”, que teve o intuito de sensibilizar e mobilizar os comerciantes a buscarem novas ferramentas para melhorar os seus negócios. Os donos de pequenos negócios também passaram por uma série de oficinas denominada “Descomplica MEI”, que aconteceram diretamente pelo WhatsApp com 8h de duração e que abordou, entre outras coisas, orientações técnicas sobre como imprimir boletos (DAS); fazer declaração de rendimento (DASN); verificação da viabilidade do endereço; parcelamento das dívidas como MEI, etc. 

O Programa de Revitalização do Centro Histórico de São Luís visa a requalificação de espaços públicos que integram a parte histórica da cidade. As ações, que compreendem reformas e trabalho socioambiental, nessas áreas contribuem para o desenvolvimento sustentável do local por meio de atividades estratégicas que ativam os processos de revitalização urbana, cultural, socioeconômica e de habitação.