O Maranhense|Notícias do Estado do Maranhão

Prefeitura de São Luís já realizou cerca de 2,4 mil testes de Covid-19 com ações de testagem em massa

Aproximadamente 2,4 mil pessoas já foram testadas para a Covid-19 por meio das ações de testagem em massa realizadas pela Prefeitura de São Luís. Os dados são referentes ao intervalo de tempo entre o dia 26 de maio, quando começaram a ser feitos os testes de forma maciça, até esta segunda-feira (31). A ação, executada pela Secretaria Municipal da Saúde (Semus), integra as estratégias conduzidas pelo prefeito Eduardo Braide no combate à pandemia e somam-se a outras, a exemplo dos esforços para levar a vacinação às faixas etárias cada vez mais baixas.

 “Estamos mobilizando nossas equipes da saúde e ampliando os locais de testagem para que a população tenha acesso ao exame contra a Covid19. Com mais essa ação do Plano Municipal de Enfrentamento à Covid, vamos ter um panorama ainda maior da situação de São Luís. Nossa meta é avançar cada vez mais na vacinação por faixa etária e fortalecer a rede de atendimento à saúde municipal para que consigamos vencer essa doença”, informou o prefeito Eduardo Braide. 

Segundo levantamento da Semus, do total de pessoas que foram testadas, 364 apresentaram resultado positivo. Nestes casos, ocorre o encaminhamento do paciente para o Laboratório Central de São Luís (Lacem) e para a Unidade Mista do Bequimão para que a pessoa realize o teste RT-PCR, neste caso, considerado padrão para os casos de Covid-19. Posteriormente, são orientados para a obediência de quarentena e outras medidas de isolamento. O Município monitora os casos, acompanhando os sintomas. 

Os testes estão sendo ofertados nos terminais da Praia Grande e do Distrito Industrial, nos Centros Municipais de Atendimento às Síndromes Gripais Leves (Clodomir Pinheiro Costa, no Anjo da Guarda, Centro de Saúde José Carlos Macieira, na Avenida dos Africanos e Centro de Saúde Genésio Ramos Filho no conjunto Cohab/Anil) e nas unidades Centro de Saúde Amar, na Rua Deputado Luís Rocha, na Vicente Fialho, o Centro de Saúde Olímpica I, o Centro de Saúde Fabiciana Moraes, do São Cristóvão e o Centro de Saúde Laura Vasconcelos. Os locais atendem das 9h às 17h. 

Nos terminais (Praia Grande e Distrito Industrial), são distribuídas senhas – 200 pela manhã e 200 pela tarde – para facilitar o fluxo de atendimento. A distribuição de senhas, neste caso, também ocorre nos demais locais habilitados para a testagem e o quantitativo depende da demanda que procura as unidades nos dias específicos. 

Testagem

Nos pontos específicos, os usuários realizam o teste de antígeno, executado a partir de objeto coletor inserido em uma das narinas do indivíduo. Após recolhimento do material específico, é colocado no acessório algumas gotas de reagente próprio e o resultado sai em 15 minutos. 

O exame via antígeno é considerado eficaz, pois através de amostras coletadas por meio do swab (objeto estéril no nariz), é possível identificar o vírus na fase inicial da doença. O Ministério da Saúde recomenda que o teste seja coletado entre o terceiro e o sétimo dia de sintomas.               

Para o secretário de Saúde de São Luís, Joel Nunes, a promoção dos testes é fundamental para o auxílio do mapeamento da doença na capital. “Além de alertar a população, a inclusão de vários pontos específicos amplia a cobertura do serviço. Quanto mais testes aplicados, melhor o controle”, disse. 

Nesta terça-feira (1º), no Terminal da Praia Grande, várias pessoas se submeteram ao procedimento. Um deles foi o mecânico Alencar Paiva, de 43 anos. “Eu moro no Centro, estava resolvendo algo aqui perto e me lembrei da testagem. Decidi fazer por conta própria”, disse. Após 15 minutos, o exame dele deu negativo. “Graças a Deus não estou com a doença”, ressaltou o mecânico.

Locais de testagem em São Luís

– Terminal da Praia Grande (na Avenida Senador Vitorino Freire)

– Terminal do Distrito Industrial

– Centro de Saúde Clodomir Pinheiro Costa, no Anjo da Guarda

– Centro de Saúde José Carlos Macieira, na Avenida dos Africanos

– Centro de Saúde Genésio Ramos Filho, no conjunto Cohab/Anil

– Centro de Saúde Amar, na Rua Deputado Luís Rocha, Vicente Fialho

– Centro de Saúde Olímpica I, Cidade Olímpica

– Centro de Saúde Fabiciana Moraes, do São Cristóvão

– Centro de Saúde Laura Vasconcelos, BR-135 Estiva