Prefeitura de São Luís firma Termo de Cooperação com a iniciativa privada para ampliar testagem contra Covid-19

Ampliando as ações de combate à pandemia de Covid-19 em São Luís, a gestão do prefeito Eduardo Braide firmou, na manhã desta terça-feira (7), termo de cooperação com diversos representantes da iniciativa privada para ampliar o número de pessoas testadas na capital, reforçando o monitoramento da doença. Para isso, serão disponibilizados 30 mil testes rápidos pelo Município aos parceiros.

“Podemos dizer que São Luís está vencendo a pandemia. À medida que a vacinação foi avançando nós verificamos uma queda drástica no número de novos casos da doença e dos casos graves. Graças a isso também não temos pacientes com Covid-19 internados na nossa rede municipal de saúde. Mas não é o momento de relaxarmos com as medidas de prevenção, por isso, as parcerias que estamos firmando hoje são fundamentais para que a gente possa ampliar a testagem e todos tenham mais segurança para as comemorações de fim de ano. Mesmo o Município tendo tomado a decisão de cancelar a programação de Réveillon nós sabemos que as pessoas irão se reunir com suas famílias e amigos para comemorar, então, esta testagem chega no momento certo para garantir que a doença continue sob controle na nossa cidade”, destacou o prefeito Eduardo Braide, enfatizando a importância de testar trabalhadores, principalmente com o aumento do movimento no comércio com as celebrações do fim de ano.

Cooperação

Assinaram o termo de cooperação com a Prefeitura, a Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Maranhão (OAB-MA), o Sindicato das Indústrias da Construção Civil do Maranhão (Sinduscon-MA), a Câmara de Dirigentes Lojistas de São Luís (CDL), a Equatorial Maranhão, o Consórcio de Alumínio do Maranhão (Alumar) e a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Maranhão (Fecomércio-MA).

Por meio da parceria, serão disponibilizados pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Município de São Luís (LACEM-SL) 30 mil testes rápidos Panbio™️ COVID-19 Ag da Abbott para a pesquisa de antígenos que indiquem infecção pelo novo coronavírus. Com os testes disponibilizados, as empresas e entidades poderão testar o público que desenvolve atividades em suas instalações físicas, fornecendo novos dados para o controle da pandemia da Covid-19 na cidade.

O superintendente da Fecomércio-MA, Max de Medeiros, afirmou que a parceria irá garantir também mais segurança para empresários e trabalhadores. “O período das festas de fim de ano é o de maior movimento no comércio e a expectativa é que a gente possa recuperar parte do consumo represado nestes dois anos de pandemia. Então, poder testar os trabalhadores será fundamental e dará mais segurança para o comércio e seus consumidores”, disse.

Thaís Carvalho, diretora do Grupo Lua Nova, que representou o Sinduscon-MA, também falou da importância da parceria entre o poder público e a iniciativa privada. “Juntos, o poder público e a iniciativa privada podem ampliar as ações para chegarmos mais rápido ao objetivo comum, que é a superação da pandemia e a gente possa retomar nossas rotinas de forma definitiva”, afirmou.

Mega testagem

Com as parcerias firmadas hoje, a Prefeitura de São Luís poderá ampliar a mega-testagem que vem acontecendo na capital desde 22 de novembro. O serviço está sendo ofertado nos cinco terminais de integração da cidade – Praia Grande, Cohama/Vinhais, Distrito Industrial, Cohab/Cohatrac e São Cristóvão -, e nos centros de saúde Genésio Ramos Filho (Cohab), Clodomir Pinheiro Costa (Anjo da Guarda), José Carlos Macieira (Sacavém), Laura Vasconcelos (Estiva), Olímpica I (Cidade Olímpica) e São Cristóvão (São Cristóvão). O horário de atendimento é das 8h às 17h e o interessado em fazer o teste deve apresentar documento de identificação com CPF ou Cartão SUS.

O secretário Municipal de Saúde, Joel Nunes, informou que esta é mais uma ação da Prefeitura de São Luís para o combate à pandemia. “Desde o início desta gestão temos tomado todas as medidas necessárias para o enfrentamento à Covid-19 desde a prevenção até o tratamento, implantando os centros para atendimento às síndromes gripais leves na nossa rede de atenção básica, leitos clínicos na nossa rede de média e alta complexidade para receber os pacientes positivos para o novo coronavírus e o sucesso da nossa campanha de vacinação que tornou São Luís referência nacional. A testagem é mais uma etapa de todo este planejamento, sobretudo neste momento em que uma nova variante foi identificada”, frisou.

A Prefeitura de São Luís já realizou mais de 100 mil testes rápidos contra Covid-19 para monitorar a pandemia na capital. No primeiro semestre deste ano cerca de 15% dos testes eram positivos. Atualmente, conforme resultados da mega testagem, o número de casos positivos é de 1,5%.

Vacinação

O prefeito Eduardo Braide destacou que esta queda brusca no número de novos casos da doença entre a população de São Luís é resultado da vacinação em massa realizada na cidade. “São Luís se tornou referência na campanha de vacinação contra Covid-19 e já estamos chegando a 100% da nossa população adulta vacinada. Falta menos de 1% para que possamos anunciar que 100% das pessoas acima de 18 anos concluíram seu esquema de vacinação. Temos avançado também na aplicação da dose de reforço e na vacinação dos nossos adolescentes de 12 a 17 anos e assim que a Anvisa liberar iremos imunizar também nossas crianças de 5 a 11 anos, pois estamos com toda a estrutura necessária pronta para largar na frente mais uma vez”, garantiu.

Participaram da solenidade, o diretor do LACEM-SL, Luiz Fernando Ramos; o presidente  da Agência Municipal de Desenvolvimento Econômico e Social (Amdes), Felipe Mussalém; o superintendente da Fecomércio-MA, Max de Medeiros; a diretora do Grupo Lua Nova, que representou o Sinduscon-MA, Thaís Carvalho; o diretor-tesoureiro e presidente eleito da OBA-MA, Kaio Vyctor Saraiva Cruz; o presidente da Equatorial Maranhão, Sérvio Túlio; o diretor da Alumar, Helder Teixeira; e o presidente da CDL São Luís, Fábio Ribeiro.