Porto do Itaqui e Porto de Paranaguá aproximam relações institucionais

Uma equipe do Porto do Itaqui participou, nesta terça-feira (29), de uma visita institucional ao Porto de Paranaguá que, assim como o Itaqui, é reconhecido como um dos modelos em excelência de gestão portuária pelo Ministério dos Portos e Aeroportos.

Na oportunidade, o diretor-presidente do porto paranaense, Luís Fernando Garcia, apresentou o funcionamento do Corredor de Exportação e o arrojado projeto Moegão, que consiste na construção de um sistema exclusivo de descarga ferroviária de grãos e farelos, conectado aos terminais integrantes do Corredor Leste de Exportação do terminal marítimo paranaense, com investimento total de cerca de R$ 590 milhões.

Para o presidente do Porto do Itaqui, Gilberto Lins, a troca de experiências proporciona uma aproximação enriquecedora com um porto que é referência em eficiência e administração. “Estamos fortalecendo laços em prol do progresso nacional. É crucial compreender que a interação, integração e união entre os portos públicos são fundamentais. A mentalidade de competição entre portos deve ser substituída pela ideia de colaboração. Somos portos complementares, unidos por um objetivo comum”, destacou Gilberto.

Além do presidente, acompanharam a visita o diretor de Engenharia, Ricardo Almeida, o gerente de Logística, Hibernon Marinho e a gerente de Contratos e Arrendamentos, Elen Brissac.

O Porto de Paranaguá, assim como o Porto do Itaqui, recebeu nota 10 em gestão portuária, no ranking do Índice de Gestão das Autoridades Portuárias (IGAP), que avalia 15 indicadores que abrangem desde o retorno financeiro até a eficiência operacional, passando pela manutenção das vias aquaviárias, transparência e conformidade com as normas da ANTAQ.