Polícia Civil prende em Caxias-MA, segundo envolvido em latrocínio de garçom

A Polícia Civil, através da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) de Caxias, com apoio da Delegacia Regional de Presidente Dutra, localizou e deu cumprimento, nesta segunda feira (29/03) a Mandado de Prisão Preventiva expedido pelo Juízo da 1ª Vara Criminal de Caxias em desfavor de F.B.S.P., 21 anos, por ser um dos autores do Latrocínio que vitimou o garçom Jonilton Araújo.

O suspeito, F.B.S.P., foi localizado no hospital de Presidente Dutra, vítima de disparo de arma de fogo. O mesmo deu entrada com nome falso, mas através de um trabalho de inteligência que já estava em curso para prendê-lo. o delegado Jair Paiva entrou em contato com o delegado Cesar Ferro, repassou o informe, e este, imediatamente, foi ao hospital onde, por imagens, constatou ser o elemento foragido.

RELEMBRANDO O CASO:

No dia 05/12/2020 o garçom Jonilton Lacerda de Araújo, 38 anos, se encontrava em seu local de trabalho, numa churrascaria em Caxias, qdo foi surpreendido por dois elementos numa motocicleta que tentaram roubar seu celular, e um deles, efetuou disparo q culminou com sua morte dias após. Investigação d DHPP com apoio da DENARC identificou a autoria imputada a A.J.V.T. e F.B.S.P. e tbm apreendeu a motocicleta utilizada, produto de roubo.

Diante dos elementos de prova colhidos, representou-se pelas prisões preventivas dos suspeitos, que foram deferidas. Sendo que um dos suspeitos, A.J.V.T. foi preso pela DHPP e DENARC no dia 08/02/21.

De acordo com a investigação, o agora preso, F.B.S.P., foi quem efetuou o disparo, enquanto o comparsa pilotava a motocicleta. Ambos possuem antecedentes criminais em Caxias e Timon, e são filiados a organização criminosa em atuação no MA.