Polícia Civil estoura cativeiro e liberta vítima de sequestro na Região Metropolitana de São Luís

Um homem de 38 anos, que tinha sido sequestrado e era mantido em cárcere privado na Região Metropolitana de São Luís, foi libertado pela Polícia Civil do Maranhão na noite da última terça-feira (6). Três suspeitos de participação no crime foram presos e serão indiciados por crime de extorsão mediante sequestro.

A Superintendência de Investigações Criminais (SEIC) tomou conhecimento de que um homem havia sido sequestrado e que estava sendo mantido em cárcere privado enquanto era exigida a importância de R$ 20 mil reais em dinheiro para sua libertação. 

As investigações iniciais constaram que a vítima teria sido sequestrada na tarde da terça-feira (6) por quatro homens nas proximidades do Mercado do Peixe, no Centro de São Luís, quando foi colocada à força em um veículo e levada para uma área de mata, de onde os sequestradores iniciaram a extorsão contra os familiares da vítima.

De posse de tais informações, equipes do Departamento de Operações Táticas Especiais (DOTE) e Departamento de Combate ao Roubo a Instituições Financeiras (DCRIF), vinculados à SEIC, iniciaram as investigações buscando identificar e localizar os envolvidos, bem como  encontrar a vítima.

Os policiais conseguiram prender, nas proximidades de um supermercado do bairro do Maiobão, dois homens, de 19 e 35 anos, que negociavam o pagamento do resgate. Na sequência, as equipes policiais partiram para o estouro do cativeiro no residencial Nova Terra, em Paço do Lumiar, local onde libertaram a vítima e prenderam o terceiro criminoso, um homem de 24 anos.

O trio foi levado à sede da SEIC em São Luís para ser submetido aos processos legais, e posteriormente encaminhado ao Sistema Penitenciário.