Giro de Noticias

Plenário aprova PL que eleva ‘Festa da Menina-Moça’ à condição de Patrimônio Cultural e Imaterial

O plenário da Assembleia Legislativa do Maranhão aprovou em segunda votação, na sessão desta terça-feira (16), o projeto de lei 052/2023 que eleva a Festa da Menina-Moça ou Festa do Moqueado, realizada nas comunidades indígenas Guajajara, à condição de Patrimônio Cultural e Imaterial do Maranhão. A matéria, que é de autoria do deputado Ricardo Arruda (MDB), vai agora à sanção.

Antes da votação, o parlamentar pediu apoio dos colegas de plenário e explicou o objetivo da festa. “É uma marca cultural das comunidades Guajajara, que se repete ao longo dos anos e que passa de geração em geração. Envolve toda a comunidade, desde os anciãos até as crianças”, afirmou.

De acordo com Arruda, como a festa envolve vários ritos, acontecendo de um dia para o outro, a transformação dela em Patrimônio Cultural e Imaterial do Estado dará maior visibilidade, reconhecimento, valorização e respeito à etnia.

 “Dessa maneira, todo o Maranhão passará a conhecer melhor essa manifestação, que envolve uma série de rituais como parte das celebrações da passagem da menina moça, que nada mais é do que a passagem da vida adolescente para a idade adulta, quando elas são apresentadas à comunidade indígena”, disse.