Pacto com municípios visa fortalecer vigilância sanitária no MA

Nesta sexta-feira (21), o governador Flávio Dino anunciou em coletiva virtual a proposta de um pacto com os municípios maranhenses para prevenir o agravamento da crise do coronavírus no Maranhão. 

“Nossa proposta é conversar com os municípios, por meio de reuniões regionalizadas, com o objetivo de fortalecer a ação de vigilância sanitária”, assegurou o governador ao anunciar ainda que haverá uma espécie de reconhecimento por parte do Governo do Estado aos municípios que conseguirem manter o controle dos casos ativos em suas respectivas cidades. 

A medida anunciada visa prevenir que haja um novo ciclo e evitar um novo ápice no início de 2021, período em que há maior incidência de síndromes respiratórias no Maranhão por conta das chuvas. 

Inquérito sorológico 

Na coletiva, o governador anunciou, ainda, que o inquérito sorológico está em fase final e que na próxima segunda-feira (24) a Secretaria de Saúde deverá divulgar os resultados do inquérito sorológico. O estudo prevê uma estimativa do quadro real do coronavírus no Maranhão. Por meio de critérios estatístico-científicos, os dados indicam a dimensão da imunidade coletiva no Maranhão.

Ranking CLP

O Maranhão continua no topo do ranking organizado pelo Centro de Liderança Pública (CLP), publicado pelo jornal O Estado de São Paulo, como um dos estados com melhores condições em relação ao combate do coronavírus. O Maranhão permanece também entre os estados com tendência de queda no número de mortes por coronavírus, segundo mapa divulgado diariamente pelo Consórcio de Imprensa do Brasil. 

Plano Emergencial de Empregos Celso Furtado

Na última quinta-feira (20) o governador anunciou o início do Plano Emergencial de Empregos que destina R$ 558 milhões para gerar empregos, aquecer a economia maranhense, por meio de obras e compras públicas entre agosto e dezembro de 2020. 

Os investimentos serão destinados aos eixos da Infraestrutura, Saúde, Educação, Segurança Pública, Meio Ambiente, Cultura, Esporte, Lazer, Habitação, Economia Solidária, Agricultura e Pesca.

No eixo da Saúde, por exemplo, está previsto o início das obras do Socorrão de Imperatriz, as policlínicas em Presidente Dutra, Açailândia e Santa Inês, além da construção do Hospital de Alcântara e do Hospital Humberto Coutinho em São Luís.

“Nós tivemos 13 inaugurações durante a pandemia do coronavírus, sendo 4 de equipamentos temporários e 9 de equipamentos definitivos como reformas, ampliações, construções. Esse processo continua com o Plano Emergencial de Empregos Celso Furtado, na área da saúde e também em outras áreas”, concluiu o governador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.