MPMA e Uema assinam termo de cooperação para manter parceria na área ambiental

O Ministério Público do Maranhão e a Universidade Estadual do Maranhão (Uema) assinaram, nesta segunda-feira, 18, na Procuradoria-Geral de Justiça, um termo de cooperação técnica para o desenvolvimento de atividades e projetos de extensão, bem como para a continuidade do projeto Café Sustentável, que já vem sendo realizado pelas duas instituições em parceria desde o ano de 2019.

Na assinatura do termo, o MPMA foi representado pelo procurador-geral de justiça, Eduardo Nicolau, e a Uema, pelo reitor Walter Canales. Participaram da solenidade membros e servidores do Ministério Público, professores e integrantes da administração da universidade.

O projeto Café Sustentável é uma iniciativa que consiste no reaproveitamento da borra de café, que seria descartada no meio ambiente, para a produção de adubos orgânicos que servem para a fertilização do solo.

A presidente da Comissão de Gestão Ambiental do MPMA, procuradora de justiça Mariléa Campos dos Santos Costa, disse que é de essencial importância a manutenção da cooperação institucional. “Manter a parceria é um orgulho para nós, reforça a sintonia do trabalho e a troca de experiências em favor da sustentabilidade e do bem-estar da sociedade maranhense”, ressaltou.

O reitor Walter Canales enalteceu as boas relações entre as duas instituições que têm contribuído para o desenvolvimento sustentável. “No caso específico dessa parceria, que envolve questões ambientais tão importantes para sociedade, as ações que vêm sendo realizadas revelam um sentimento de preocupação com o planeta na medida em que cuidam de evitar o desperdício e reaproveitar e reciclar os produtos”, afirmou.

Eduardo Nicolau também manifestou satisfação com a parceria na medida em que ajuda a promover a conscientização ambiental de membros e servidores do Ministério Público. “É fundamental para o desenvolvimento de ações de educação ambiental, no âmbito interno, com a conscientização e a adoção de práticas, incluindo a reutilização de resíduos, em favor de um ambiente mais sustentável”, declarou.