Minicurso sobre novo coronavírus esclarece dúvidas para os imperatrizenses sobre a pandemia

Dentro da programação da 1ª Jornada de Fitoterapia da Região Tocantina, na faculdade Facimp Wyden, foi realizado na última sexta-feira, o mini curso sobre “Manejo, tratamento e diagnóstico do novo Coronavírus”, ministrado pelo doutor Júlio César Vieira, com o objetivo de explicar de forma mais profunda os fenômenos dessa pandemia que assusta o mundo e esclarecer as dúvidas sobre o assunto.

Depois de centenas de casos confirmados no Brasil, a organização do evento fez questão de pautar o assunto dentre os minicursos da programação. Essa oportunidade serviu para reunir diversos acadêmicos de cursos diferentes e a comunidade interessada pelo tema, para saberem um pouco mais sobre a origem do novo coronavírus, como se dá a transmissão do vírus, quais são os sintomas, detalhes sobre o diagnóstico, tratamento e as prevenções e cuidados que as pessoas precisam ter na higienização e nos contatos do dia a dia.

A oportunidade também foi importante para desmentir boatos e informações equivocadas que surgiram durante as últimas semanas, e cravar o que é realmente verídico cientificamente.

Dentre as principais dúvidas no minicurso, destacaram-se perguntas sobre a transmissão, sintomas e sobre os cuidados preventivos que cada um pode ter, principalmente em medidas simples como lavar as mãos, passar álcool gel e evitar contato com o rosto.

“A oportunidade é importante para esclarecer a população com relação ao que está acontecendo com o Coronavírus, pois tendo o entendimento sobre o assunto e fazendo o que é necessário para prevenção, será muito favorável, pois começaremos a diminuir a incidência”, comentou o doutor Júlio César.

O acadêmico Diego Brito, que cursa o 4° período de Biomedicina na Facimp Wyden, falou sobre a oportunidade de esclarecimento proporcionada pelo evento. “Tivemos um termômetro melhor de como se prevenir e lidar com a situação de forma correta, ouvindo uma fala técnica de um profissional da saúde com muita experiência”.

COVID-19 no Maranhão

No último domingo (15), as informações da Secretaria de Estado da Saúde (SES) do Maranhão, apontam 14 casos suspeitos do novo coronavírus no estado. Desde o início do monitoramento de COVID-19, 13 casos foram descartados e 2 excluídos no estado.

No momento, todos os casos suspeitos estão em isolamento domiciliar, conforme protocolo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.