.

Marcos Caldas destaca projeto que cria normas de segurança em supermercados

Na sessão desta quinta-feira (26), o deputado estadual Marcos Caldas (PTB) destacou projeto de lei de sua autoria que estabelece normas para a segurança e bem-estar de clientes em supermercados e atacarejos. Ele pediu o apoio dos colegas de plenário para a aprovação da matéria.

“O que eu observo, atualmente, é que os grandes empresários e redes de supermercados estão mais preocupados com o lucro e fazem desses estabelecimentos depósitos, colocando a vida dos consumidores em risco. Já aconteceu um acidente grave aqui em São Luís, no bairro Vinhais, resultando na morte de uma pessoa”, relembrou.

De acordo com o deputado, o PL estabelece que as prateleiras tenham, no máximo, 4 metros de altura, para sua melhor estabilidade, e que os supermercados ofereçam segurança a seus funcionários e consumidores.

 “O supermercado, varejista ou atacadista, precisa pensar mais nas pessoas. Se eles querem vender somente no atacado, tudo bem, mas em sendo no varejo é preciso oferecer mais segurança, pois a circulação de consumidores é mais intensa”, afirmou.

Riscos

O deputado contou que tem visto nas lojas, tanto de varejo quanto atacarejo, prateleiras com 7 a 8 metros de altura, oferecendo riscos para os consumidores ao conduzirem os carrinhos de compra, mesmo com o alerta de segurança colocado pelas empresas. “Se um carrinho bater em uma coluna daquela, poderão cair todas as outras sobre quem estiver trabalhando ou comprando”, analisou.

E finalizou: “Supermercado só não pode ser, ao mesmo tempo, varejo e depósito. É para isso que o projeto foi elaborado, ou seja, para que, daqui para frente, possamos ter prateleiras com menos riscos à população”, finalizou.