Maranhão tem representante eleito para a Rede de Gestores Públicos no Fórum Brasileiro de Economia Solidária

A secretária adjunta de Estado do Trabalho e da Economia Solidária, Jordânia Pessoa, foi eleita como representante nacional da Rede de Gestores de Políticas Públicas no Fórum Brasileiro de Economia Solidária (FBES), para o biênio 2020-2022.

A escolha foi realizada, nesta semana, durante reunião técnica por videoconferência com a participação de instituições do Maranhão, Bahia, Rio Grande do Norte, São Paulo e Rio de Janeiro. Além da secretária adjunta do Trabalho para coordenação executiva no FBES, também foi eleita a vice representante para setor, Bárbara Cunha, da Prefeitura de Volta Redonda – Rio de Janeiro.

Eleita, Jordânia Pessoa analisou os desafios e estratégias necessárias para o fortalecimento do segmento. “É desafiador porque estamos em um contexto de desmonte da política pública de economia solidária. Então, mais do que nunca, o Fórum deve ser fortalecido, pois é ele que faz a interlocução para a efetivação de uma política pública nacional”, enfatizou.

“O fato de nós estarmos desenvolvendo várias ações no cenário estadual, tornou-se uma referência para fazermos esse diálogo em nível nacional. Estamos indo com a experiência do Maranhão para contrapor essa desconstrução em nível nacional”, acrescentou.

Sobre o Fórum

O Fórum Brasileiro de Economia Solidária (FBES) é um espaço de articulação e diálogo entre diversos atores e movimentos sociais pela construção da economia solidária, como base fundamental de outro desenvolvimento socioeconômico para o Brasil. O FBES é formado pela Rede de Gestores Públicos; empreendimentos de Econômicos Solidários; entidades de assessoria, apoio e fomento; e fóruns municipais, microrregionais e estaduais.

Rede de Gestores Públicos

A Rede Nacional de Gestores de Políticas Públicas de Economia Solidária é um segmento do Fórum Brasileiro de Economia Solidária, responsável pelo intercâmbio, interlocução, interação, sistematização, proposição de políticas públicas governamentais e realização de projetos comuns para gerar trabalho e promover o desenvolvimento local através da economia solidária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.