Maranhão já abriu 850 novos leitos para Covid-19 neste ano: são 11 a cada dia

Dados da Secretaria de Estado da Saúde (SES) apontam que a taxa de ocupação de leitos clínicos e de UTI ultrapassou a marca dos 95% em São Luís, mas os números da doença não avançam apenas na capital. Somente na última quarta-feira (24) foram computados em todo o estado 1.186 novos casos da Covid-19. A escalada de contágio foi determinante para a adesão de medidas mais enérgicas, como os três dias de paralisação de atividades (dias 26, 27 e 28) em todo o território maranhense para frear a circulação do vírus. 

Mas as ações de enfrentamento ao novo coronavírus não param aí. Com a nova escalada da pandemia, o Governo do Estado adotou medidas céleres para garantir tratamento, vacinação e auxílio às populações mais vulneráveis. Um dos pontos é a abertura de novos leitos exclusivos para tratamento do novo coronavírus.

Desde o início de janeiro, o Maranhão já criou 850 leitos dedicados para contaminados com a Covid-19. O número expressivo corresponde a uma média de 11 novos leitos por dia no Maranhão.

Além dos leitos, o Maranhão segue abrindo novos hospitais, ampliando estruturas e reformando unidades em todas as regiões, como os Hospitais de Campanha de Imperatriz (já entregue), de Bacabal (doado pelos Estados Unidos e gerido pela SES) e o de São Luís (que está em fase de montagem, com 60 novos leitos).

Vacinação

Destaque também para os números da vacinação no Maranhão. Foi montada uma verdadeira força-tarefa para que os imunizantes cheguem aos 271 municípios. Até o momento já foram distribuídas aproximadamente 572 mil vacinas em 300 voos. 

O Maranhão também saiu na frente ao assinar contrato para compra de 4,582 milhões de doses da vacina Sputnik V.

“Estamos executando a maior operação logística da história da saúde no Maranhão, todos os dias, para que as vacinas cheguem rapidamente aos nossos municípios”, disse o governador Flávio Dino, em vídeo postado nas redes sociais, que mostra o esforço de várias equipes mobilizadas para as entregas.