Lojistas de móveis, eletrodomésticos e utensílios domésticos já podem se cadastrar no Minha Casa Melhor

Os estabelecimentos comerciais que tenham como atividade, na Classificação Nacional de Atividades Econômicas (CNAE), a venda de móveis, eletrodomésticos e utensílios domésticos já podem se cadastrar no projeto Minha Casa Melhor. Promovido pelo Governo do Maranhão, o projeto vai proporcionar conforto e dignidade às famílias maranhenses de baixa renda e incentivar de forma direta o comércio de todo o estado.

O Minha Casa Melhor vai conceder auxílio financeiro no valor unitário de R$ 600,00 para compra de móveis, eletrodomésticos e utensílios domésticos para 45,5 mil representantes familiares já cadastrados no CadÚnico.

As empresas interessadas podem se inscrever exclusivamente via internet, por meio do preenchimento de formulário eletrônico próprio, que já está disponível no link  https://minhacasamelhor.ma.gov.br.

Os lojistas irão receber o valor utilizado, automaticamente através da conta bancária vinculada.

O benefício vai ajudar famílias a melhorar as condições de habitacionais e movimentar as vendas das empresas locais. “O projeto cumpre vários papéis sociais e econômicos; o primeiro deles é permitir que as famílias maranhenses tenham mais conforto dentro de suas casas”, destaca o secretário de Governo, Diego Galdino.

Para o gestor da Segov, são recursos que irão chegar para representantes familiares, que resultam num grande impacto. “Aquece a economia e permite que empregos sejam mantidos no comércio. É uma política de governo para enfrentar a crise diante das consequências da pandemia da Covid- 19, e, sobretudo, ajudar as famílias que mais precisam”, disse o secretário Diego Galdino.