Grupo Mateus pode levantar até R$ 6,2 bilhões em IPO

A rede de supermercados Grupo Mateus pode arrecadar até R$ 6,2 bilhões em sua oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês), caso as ações sejam precificadas no topo da faixa indicativa de preço, que vai de R$ 8,97 a R$ 11,66.

O montante considera a colocação dos 339.147.287 papéis da oferta primária, cujos recursos vão para o caixa da companhia, e os 58.139.535 de da venda secundária, de ações dos atuais acionistas.

O Grupo Mateus pretende ofertar ainda 59.593.023 ações do lote suplementar e um lote adicional de 79.457.364 ações, caso haja demanda, de acordo com a mais recente versão do prospecto da operação.PUBLICIDADE

A definição do preço por ação no IPO está marcada para 8 de outubro, e as ações devem estrear na B3 em 13 de outubro.https://tpc.googlesyndication.com/safeframe/1-0-37/html/container.html

Quarta maior empresa de varejo alimentar do país, de acordo com a Abras (Associação Brasileira de Supermercados), o Grupo Mateus é essencialmente familiar, controlada por Ilson Mateus Rodrigues, Maria Barros Pinheiro, Ilson Mateus Rodrigues Junior e Denilson Pinheiro Rodrigues.

A empresa informou no prospecto que pretende utilizar os recursos obtidos com a oferta primária para expansão orgânica. Com 137 lojas físicas no Maranhão, Pará e Piauí, o grupo encerrou o primeiro semestre com lucro líquido de R$ 297 milhões, aumento de 62% em relação ao mesmo período de 2019.

Fonte: Seu Dinheiro

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.