Governo do Estado apoia museu que incentiva produção e divulgação científica no Médio Mearim

Um espaço que estimula a produção e promove a divulgação cientifica, a partir da criação de jogos digitais, é o foco do Museu Game Ciência. O museu é uma iniciativa do professor pós-doutor em Ensino de Ciências e Matemática, Hawbertt Rocha Costa, e integra o Espaço Ciência Maria Laura Lopes, da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), em Bacabal. O projeto tem apoio do Governo do Estado, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema). A iniciativa está alinhada as ações da Fapema de popularização da ciência que visam disseminar o conhecimento científico por meio do intercâmbio de informações entre a comunidade acadêmico-científica e a sociedade.

“É orientação do governador Carlos Brandão que a Fapema fomente projetos que contemplem não somente a capital, mas aqueles com foco também em oportunizar a maior participação possível de pesquisadores de todas as regiões e da comunidade. Nos deixa muito satisfeitos perceber que essa ampliação está surtindo resultado e alcança todo o Maranhão, valorizando nossos pesquisadores”, pontuou o diretor da Fapema, Nordman Wall.

Como objeto de produção do museu, foram catalogados jogos das décadas de 60 até os anos 2000, com enredos voltados para o ensino de Ciências, explicou o professor e coordenador, Hawbertt Rocha Costa. Ele informou que já foram desenvolvidos, entre outros, jogos na área de Diabetes Tipo 1, Tabagismo, Astronomia, Física e Ambiental. “Este espaço para divulgação científica une aprendizado à diversão, estimulando a criação de jogos digitais”, disse.

A proposta de criação do museu iniciou em 2016. No ano seguinte, houve a estruturação de uma área onde passou a funcionar o laboratório de ensino digital para Ciência. “Não tínhamos espaço físico para ampliar o museu. Em 2022, ganhamos um espaço, foi quando enviamos novo projeto de pesquisa à Fapema e conseguimos o apoio da fundação. Isso fez uma enorme diferença no desenvolvimento das atividades e pudemos ampliar o acesso ao museu”, destacou o pesquisador.

Fruto do apoio financeiro da Fapema, por meio do edital Universal, o Museu Game Ciência foi ampliado e novos equipamentos foram adquiridos, como aparelhos de televisão, computadores e outros itens. “Estamos crescendo aos poucos e colocando as ações em funcionamento, e este apoio da fundação veio complementar esse processo de avanço. A Fapema é uma instituição muito importante, por meio dela foi possível iniciar o projeto”, disse o professor Hawbertt Rocha Costa. 

Difusão da Ciência

O Espaço da Ciência Maria Laura Lopes tem por objetivo promover, a médio e longo prazo, atividades de divulgação científica que busquem a disseminação dessa cultura científica da comunidade da microrregião do Médio Mearim. O Museu Game Ciência se soma aos esforços para oportunizar este aprendizado fora dos grandes centros. 

“Há diversos espaços institucionalizados de educação, a exemplo dos museus, centros de pesquisa e laboratórios do Maranhão. Muitos destes espaços estão concentrados em grandes centros urbanos e essa oportunidade dada pela Fapema nos possibilitou ampliar o Museu Game Ciência nos municípios, proporcionando um maior acesso das comunidades a este aprendizado”, observou o professor.