Governo do Estado amplia assessoria técnica para beneficiários do Cheque Minha Casa na Grande Ilha

Por causa da grande aceitação do projeto de Assessoria Técnica aos beneficiários do Programa Cheque Minha Casa, na região do Centro de São Luís, a Secretaria de Estado de Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid) está ampliando e estendendo a ação aos contemplados com essa política de habitação em toda Grande Ilha de São Luís.

Assessoria Técnica é um projeto piloto voltado aos beneficiários do Cheque Minha Casa residentes na área central da cidade. A iniciativa é uma das ações que integram o Programa Nosso Centro, executado pelo Governo do Estado, por meio da Secid, que visa incentivar a permanência de moradores no Centro de São Luís, promover a instalação de novas moradias e a ocupação sustentável do Centro Histórico.

De acordo com o secretário de Estado de Cidades e Desenvolvimento Urbano, Raimundo Reis, os resultados do projeto de Assessoria Técnica foram significativos e a aceitação pelas famílias foi grande e satisfatória; por isso, o Governo do Estado ampliou a ação a todos os beneficiários do programa, residentes nos municípios de São Luís, Paço do Lumiar, São José de Ribamar e Raposa.

“É gratificante ver o avanço da ação de Assessoria Técnica na comunidade e a aceitação das famílias, pois é uma maneira do Governo do Estado apoiar efetivamente as famílias, além do fator financeiro”, ressalta. Raimundo Reis falou da importância da ação em tempos de pandemia da Covid-19, no que se refere a promoção da melhoria na habitabilidade das famílias, incluindo a diminuição do déficit qualitativo e quantitativo, bem como a melhoria dos indicadores de desenvolvimento do estado.

O secretário adjunto de Habitação da Secid, José Antonio Viana, explicou que a ampliação do Projeto de Assessoria Técnica possibilita a um maior número de famílias a garantia da segunda parcela do Cheque e viabiliza consideravelmente a conclusão das obras. “A ação assegura às famílias residentes na Grande Ilha assessoria técnica para otimizar os recursos, projetar e fazer algumas intervenções necessárias que proporcionem melhoria habitacional voltada para famílias de baixa renda”.  

Cheque Minha Casa

É um programa do Governo do Maranhão, promovido pela Secid, que concede às famílias beneficiadas o valor de R$ 5.000, em duas parcelas, cada uma no valor de R$ 2.500, para compra de material de construção, visando a reforma, a ampliação ou a melhoria de unidades habitacionais existentes, com prioridade para as instalações sanitárias do imóvel.

Desde o início de julho foram visitadas mais de 300 famílias e, dessa forma, o número de parcelas liberadas para as compras do material aumentou. Atualmente, a Secid apresenta um número bastante significativo de beneficiários que já receberam a segunda parcela do Cheque.

Dos beneficiários contemplados com o Cheque Minha Casa em 2019, 81% já realizaram parte das obras e receberam a segunda parcela do investimento para finalizar os trabalhos em sua moradia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.