Governo discute novas metas e parcerias durante Assembleia Geral do Consórcio Nordeste

Em Natal-RN, o governador Carlos Brandão participou da Assembleia Geral Ordinária do Consórcio Nordeste, nesta quarta-feira (31), na qual foi empossada como presidente da associação a governadora no Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra.  Durante o evento, também foram discutidos o Fundo da Caatinga, agendas internacionais, monitoramento das obras do Novo PAC, além de realizada a instalação do Comitê Científico de Emergências Climáticas.

Para o governador Carlos Brandão, a Assembleia Geral foi mais uma oportunidade para os estados nordestinos alavancarem o desenvolvimento sustentável e cooperativo. “É um momento em que a gente troca experiências sobre as demandas dos estados e, também, alinha e defende os interesses em comum de todo o Nordeste. Além de ser uma reunião de posse, é um encontro para fazermos um balanço de 2023 e planejarmos o ano de 2024. Estamos trazendo as boas práticas do Maranhão e ouvindo as dos outros estados. Isso faz com que a gente aprimore a nossa gestão”, pontuou o governador.

Brandão comemorou o empossamento da governadora Fátima Bezerra, a primeira mulher a assumir a liderança do Consórcio. Na oportunidade, o governador também destacou o cenário favorável ao desenvolvimento de políticas públicas integradas, tanto entre os governos nordestinos, quanto ao Governo Federal.

“Aqui, a governadora Fátima Bezerra tem um grande exemplo de gestão, temos uma relação de proximidade. Os governadores do Nordeste estão muito alinhados ao presidente Lula, portanto, estamos vivendo um grande momento que é, também, a parceria junto ao Governo Federal, o que tem nos ajudado muito. Todos esses fatores fazem com que a gente possa chegar mais próximo da população e desenvolver as políticas públicas de interesse da sociedade”, acrescentou o governador maranhense.

Com o mandato de um ano e assumindo o cargo antes ocupado pelo governador da Paraíba, João Azevêdo, a governadora potiguar enfatiza que, graças ao atual cenário federativo, os esforços para o desenvolvimento conjunto do Nordeste também estarão aliados ao desenvolvimento nacional.

“É motivo de muita alegria e honra, na condição de governadora do povo do Rio Grande do Norte, assumir pela primeira vez a presidência deste consórcio, que se consolidou como uma ferramenta muito importante de gestão. Agora, nesta nova conjuntura com o governo do presidente Lula, que retoma o pacto federativo e o diálogo, sem dúvida nenhuma, nós vamos avançar muito na conexão entre o projeto do desenvolvimento regional sustentável do Nordeste, com o projeto do desenvolvimento nacional”, assegurou a governadora Fátima Bezerra.

Presente na Assembleia Geral dos Governadores e Governadoras do Nordeste, o secretário de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema), Pedro Chagas, fala da instalação do Comitê Científico de Emergências Climáticas.

“O Consórcio Nordeste sempre traz a pauta ambiental em suas reuniões. Hoje, viemos tratar da criação de um comitê para as emergências climáticas e falar, de novo, das energias renováveis. Estamos debatendo e unindo os governadores em um prol comum para que a gente possa ampliar as nossas forças. Quando o assunto é meio ambiente, nós precisamos de estratégias que reforcem essa proteção”, disse o titular da Sema.

O secretário de Estado de Segurança Pública (SSP), Maurício Martins, também integrou a comitiva do governador Carlos Brandão e, na ocasião, pôde aproveitar o fórum de governadores para alinhar estratégias de combate à criminalidade na região.

“Mais uma grande e importante reunião. Aqui em Natal, estão reunidos todos os governadores e governadoras do Nordeste, além dos secretários de segurança, para a definição de metas, financiamentos, investimentos e parcerias no combate à criminalidade em toda a região e, consequentemente, em todo o Brasil”, ressaltou o titular da SSP.

Consórcio Nordeste

O Consórcio foi criado em 2019 para ser o instrumento jurídico, político e econômico de integração dos nove Estados da região Nordeste do Brasil, um território de desenvolvimento sustentável e solidário neste momento de grandes desafios. 

O Consórcio é uma iniciativa que pretende atrair investimentos e alavancar projetos de forma integrada, constituindo-se, ao mesmo tempo, como uma ferramenta de gestão criada e à disposição dos seus entes consorciados, e como um articulador de pactos de governança. 

Dentre as possibilidades abertas com a criação do Consórcio, estão a realização de compras conjuntas, a implementação integrada de políticas públicas e a busca por cooperação, também em nível internacional.