Farmácia do Hospital de Campanha de Santa Inês contribui com recuperação de pacientes da Covid-19

Responsável pelas atividades de controle, armazenamento, dispensa e distribuição de medicamentos no Hospital de Campanha de Santa Inês, a farmácia da unidade de saúde tem exercido papel importante no fluxo de atendimento aos pacientes diagnosticados com a Covid-19. Ao ser admitido, o paciente necessita de auxílio das equipes de enfermagem, médica, multiprofissional e do uso de medicações específicas para combater os sintomas causados pelo novo coronavírus. Esse suporte é feito com base na prescrição médica. 
“Como todos os setores do hospital, na farmácia também temos rotina organizada e buscamos sempre armazenar medicações que não podem faltar, por exemplo, para os enfermeiros utilizarem em caso de uma urgência ou emergência. Esse é um ponto importante, pois quando se trata de medicamentos sempre precisamos ter esse controle no armazenamento”, detalhou a coordenadora da farmácia e do almoxarifado, Priscilla Silva da Siqueira.

As medicações são liberadas apenas com a prescrição médica. O cuidado com os remédios de alta vigilância é constante pela equipe de farmácia do Hospital de Campanha de Santa Inês. No posto de enfermagem, permanecem apenas soros, glicoses e insumos básicos como luvas, avental, máscaras N95, óculos de proteção, entre outros equipamentos de proteção individual (EPI). 

Além de todo cuidado com o armazenamento, seguindo o que determina as legislações federal e estadual, os colaboradores da farmácia seguem todas as recomendações sanitárias da Organização Mundial de Saúde (OMS) durante a pandemia como o uso de EPIs.
No Hospital de Campanha, integram a equipe da farmácia satélite: seis farmacêuticos, sendo um coordenador e cinco farmacêuticos plantonistas e dois auxiliares. Já a equipe do almoxarifado é composta por um profissional encarregado e auxiliares. 
“Coordenar o setor e poder dar minha parcela de contribuição para outras pessoas que necessitam de ajuda nesse momento é uma realização pessoal. A farmácia e almoxarifado são o coração do hospital, eles bombeiam e dão suporte a todos os demais setores dentro da unidade contribuindo para que seja prestada uma assistência de excelência na recuperação do paciente com a Covid-19”, expressou a coordenadora da farmácia e almoxarifado.

Hospital de Campanha

A unidade de saúde foi entregue à população no início do mês de junho pelo Governo do Estado e o Instituto Acqua como parte das ações da rede estadual de saúde no combate à pandemia na região do Vale do Pindaré, no Maranhão. Os leitos do Hospital de Campanha funcionam como retaguarda do Macrorregional Tomás Martins. Quarenta leitos destinados exclusivamente para pacientes em tratamento contra a Covid-19 estão em funcionamento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.