Estação Conhecimento de Arari promove ações de incentivo à leitura durante a pandemia

A Estação Conhecimento (EC) Arari, no Maranhão, mantida pela Fundação Vale, oferece atividades de educação, cultura e esporte no contraturno escolar, tendo como principal público crianças e adolescentes de 6 a 17 anos, matriculadas nas redes públicas de ensino. Com a paralização em função da pandemia da Covid-19, a EC Arari desenvolveu atividades a distância para fortalecer e manter o vínculo com as famílias, passando a atuar como intermediadoras das atividades pedagógicas. O processo de construção dessas atividades foi feito em conjunto com os pais das crianças e adolescentes inscritos nas atividades regulares e resultou numa série de ações que vêm promovendo a leitura e o conhecimento, mesmo em um cenário tão adverso.

Uma das atividades criadas para esse momento foi a construção de um baú de práticas pedagógicas, reunindo as atividades educativas de três programas oferecidos pela EC (Esporte educacional, Multiletramentos e Cultura). As atividades são compartilhadas com as famílias através de flyers e em versão impressa, e entregues na residência das crianças e adolescentes. Para a estudante da rede municipal de ensino, Samia Michele, as ideias desenvolvidas pela EC têm sido de grande importância para a continuidade das práticas educativas. “É difícil não poder ir ao espaço e aprender com os educadores, mas as atividades que nos são passadas são tão interessantes que envolveram meus pais e hoje realizá-las se tornou um momento de lazer aqui em casa”, elogiou.

A gerente da Fundação Vale, Pâmella De-Cnop, ressalta que o pensamento desde o início da pandemia foi ir além de contribuir para a segurança alimentar das famílias das crianças e adolescentes atendidas pela EC, Ela destaca o papel relevante que a literatura assume nesse contexto, especialmente para muitas famílias que vivem em situação de vulnerabilidade social. “Ouvir os relatos positivos de pais, crianças e adolescentes e saber que conseguimos contribuir para que educação e literatura entrem nesses lares durante um período tão delicado, nos deixa muito felizes” , comenta.
Com orientação dos pais, crianças desenvolvem atividades com material entregue em suas residências

Com o cenário de pandemia, novas maneiras de ensinar e de aprender estão sendo desenvolvidas pela EC Arari. Desta forma, continuamente, o incentivo à leitura encontra novos contornos e as ações são atualizadas conforme as necessidades do público.

Conheça algumas ações desenvolvidas

Empréstimos de livros – As crianças e jovens solicitam os livros, que são enviados para sua residência em embalagens devidamente higienizadas . Os livros permanecem com a família pelo prazo de 1 (um) mês e após retornarem para a EC Arari passam por higienização e permanecem 1 (um) mês em reserva, até que sejam emprestados novamente para outra família, cumprindo assim os protocolos higiênico-sanitários.

Práticas pedagógicas – Semanalmente, três práticas são mediadas por educadores no grupo de WhatsApp, potencializando a competência leitora de diversas formas. O formato de flyer é um recurso que estimula a autonomia da criança para ler e interpretar a tarefa a ser realizada, uma vez que possui linguagem adequada ao público e a prática é planejada para que estes protagonizem sua execução. Além de estimular a leitura do material, algumas práticas pedagógicas são especificamente voltadas para o estímulo a leitura, como as que demandam feedbacks envolvendo pesquisa, contação de história, criação de narrativas, entre outros.

Histórias para ler e dormir – Contos e livros são compartilhados semanalmente à noite em grupo de WhatsApp. As histórias têm como objetivo promover a leitura em família, fortalecendo vínculos e criando o hábito da realização de leituras dos pais com os filhos.

Podcastinho “Histórias que chegam ao coração” – A prática de contação de histórias ganhou novo formato, em configuração de podcast que são enviadas às famílias através do WhatsApp. A proposta é que as famílias ouçam e conversem sobre a história enviada, explorando as temáticas que se relacionam com o enredo.
A prática esportiva contribui para o desenvolvimento de crianças e jovens assistidas pela EC Arari

Sobre as Estações Conhecimento

As Estações Conhecimento são espaços que oferecem atividades de educação, cultura e esporte, no contraturno escolar e, por meio de suas programações, contribuem para o desenvolvimento social das comunidades atendidas, tendo como principal público crianças e adolescentes de 6 a 17 anos. Além disso, uma equipe multidisciplinar faz o acompanhamento psicológico, de serviço social, pedagógico e nutricional e, em algumas unidades, há também o atendimento médico e odontológico. São cinco Estações Conhecimento, situadas nos municípios de Arari (MA), Brumadinho (MG), Serra (ES), Marabá e Tucumã (PA), atendem um total de cerca de 4.500 pessoas, principalmente crianças e adolescentes.

Sobre a Fundação Vale

Fundada há 52 anos, a Fundação Vale apoia e fortalece políticas públicas de educação, saúde e geração de renda, e fomenta negócios sociais nos territórios de atuação da Vale. A partir do diálogo e da imersão nos territórios, desenvolve e executa projetos sociais voluntários que visam à melhoria da qualidade de vida e fortalecem o acesso das comunidades aos seus direitos e serviços públicos essenciais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.