Diretora da Faculdade Pitágoras orienta vestibulandos a como se preparar para as provas

Imperatriz, maio de 2020 – Mente sã, horas de sono, lazer e eficiência nos estudos. Listar os fatores que influenciam na aprovação ou não para o ingresso na universidade é algo complexo, afinal, envolve situações que ultrapassam o simples “sentar na cadeira e estudar”.

Se dosar tudo isso já era desafiador, em tempos de isolamento social e COVID-19, ficou ainda mais. O calendário não para, as provas das universidades e o ENEM estão na maioria agendadas e com a cabeça nesse turbilhão é preciso foco para montar um plano de estudos que de fato seja eficiente.

A diretora da Faculdade Pitágoras, em Imperatriz, Valéria Matias elenca algumas estratégias importantes para transformar a forma dos estudantes lidarem com esse planejamento e de fato absorverem todo o conteúdo necessário para as provas. Vamos a elas:

Leia mais de uma vez

Segundo a diretora, na primeira leitura do conteúdo ainda não há aprendizado. “A memória precisa de repetição, então tenha paciência e sempre releia os textos. Descubra a melhor maneira de ler novamente e, durante a leitura, tente recordar o que está escrito nas últimas frases do conteúdo”.

Escolha entre explicação ou a auto explicação

Mais duas formas de absorver conteúdo. Na auto explicação, leia o conteúdo e explique com suas palavras a você mesmo. “ Já na explicação, é possível utilizar a Técnica de Feynman, que consiste em escolher um conceito, ensinar para um leigo, entender as dificuldades dele de entender, rever o conceito e simplificá-lo. Caso necessário, explique para o leigo novamente”, pontua a especialista.

Interrogação elaborativa

De acordo com Valéria Matias, a técnica consiste em fazer perguntas a si mesmo sobre um determinado material estudado. O primeiro passo é estudar o conteúdo e o segundo é gerar questionamentos a si próprio sobre o que aprendeu.

Um exemplo: Revolução Francesa. Após absorver o tema, a ideia é responder as perguntas pensadas pelo próprio aluno:

  • Quando aconteceu?
  • Por que a Revolução Francesa ocorreu?
  • Quais os principais personagens?
  • Como ela transformou a sociedade da época?

Mapa mental

Nesta técnica, há a substituição das tradicionais anotações lineares por um mapa com tópico central e galhos com associações, símbolos, ícones, cores e desenhos. “Após escolher o tema principal, puxe ‘galhos’ como subtópicos, que também se ramificam à medida que as associações vão ficando mais específicas”.

De uma forma simples, vire um papel sulfite na horizontal. O tema do resumo fica no centro da folha. A partir dele, faça conexões com o tema através de setas representando cada nova associação, como datas, localização, fatores de causa, detalhes, personagens, entre outros pontos importantes. O site mindmeister.com é um exemplo que permite a criação online de mapas mentais.

Simular é o melhor caminho

Depois de absorver, é preciso treinar. “Realizar testes práticos sobre o que se está estudando é uma das melhores formas de aprendizagem. Pesquisas científicas mostram que realizar testes práticos são até duas vezes mais eficientes do que outras técnicas”.

Cronograma ajustado

Todas as técnicas só terão eficiência se o cronograma do aluno estiver bem ajustado. É possível, numa tabela simples de segunda a domingo, criar um modelo – seja no papel ou computador – de todas as atividades, incluindo momento de lazer, alimentação, descanso entre disciplinas e outras atividades pessoais que precisam estar incluídas.

Sobre a Pitágoras

Fundada em 2000, a Faculdade Pitágoras já transformou a vida de mais de um milhão de alunos, oferecendo educação de qualidade e conteúdo compatível com o mercado de trabalho em seus cursos de graduação, pós-graduação, extensão e ensino técnico, presenciais ou a distância. Presente nos estados de Minas Gerais, Maranhão, Alagoas, Bahia, Espírito Santo, Paraná e São Paulo, a Faculdade Pitágoras presta inúmeros serviços gratuitos à população por meio das Clínicas-Escola na área de Saúde e Núcleos de Práticas Jurídicas, locais em que os acadêmicos desenvolvem os estudos práticos. Focada na excelência da integração entre ensino, pesquisa e extensão, a Faculdade Pitágoras oferece formação de qualidade e tem em seu DNA a preocupação em compartilhar o conhecimento com a sociedade também por meio de projetos e ações sociais.

A Faculdade Pitágoras nasceu herdando a tradição e o ensino de qualidade oferecido pelo Colégio Pitágoras, fundado em 1966, que também deu origem ao grupo Kroton. Para mais informações, acesse: https://www.faculdadepitagoras.com.br.

Sobre a Kroton

A Kroton, que faz parte da holding Cogna Educação, uma companhia brasileira e uma das principais organizações educacionais do mundo, atende ao mercado B2C do Ensino Superior, levando educação de qualidade em larga escala. Presente em mais de 900 municípios em todo Brasil, a companhia conta com 176 unidades próprias, 1.410 polos de ensino a distância e 846 mil estudantes, sob as marcas Anhanguera, Fama, Pitágoras, Unic, Uniderp, Unime e Unopar. Transformar a vida das pessoas por meio da educação, formando cidadãos e preparando profissionais para o mercado, é a missão da instituição, que trabalha para continuar concretizando sonhos em todos os cantos do país.