.

Dia dos Pais com emoção, arte e fé para pacientes internados no HSE

Emocionante e revigorante, uma verdadeira “injeção de ânimo e de fé” para os pacientes internados. Assim foi a programação alusiva ao Dia dos Pais, preparada pelas equipes multidisciplinares de humanização, fisioterapia e serviço social do HSE / Hospital dos Servidores Estaduais. Localizado no Renascença, o HSE / HSLZ é uma unidade destinada ao atendimento exclusivo de servidores estaduais usuários do FUNBEN.

Segundo o Diretor Geral do HSE / HSLZ Plínio Valério Tuzzolo, foram realizadas diversas ações, como parte de um projeto macro de assistência humanizada, uma das marcas registradas do HSE / HSLZ, que aposta na prestação de um atendimento assistencial mais humano e próximo do paciente e seus familiares.

“A humanização vai além das datas festivas, já acontece no hospital há 11 anos, faz parte integrante do trabalho e é ligado diretamente à direção geral. É uma política permanente de gestão no HSE / HSLZ, reforçadas pelo atual Governo, através do Secretário da SEGEP Pedro Chagas, que foca no tratamento do paciente e de seus familiares de forma humana. Aqui, além da excelência médico – assistencial; procuramos tratar os pacientes antes de tudo como seres humanos, que estão mais vulneráveis pela enfermidade e portanto precisam também de atenção, carinho e amor como parte de seu tratamento”, declarou o Diretor Geral Plínio Tuzzolo.

A ação desse Dia dos Pais no HSE / HSLZ envolveu os pacientes internados que são pais e que passaram essa data tão especial longe de casa; mas cercados por muito carinho e amor. Os pacientes foram convidados para um banho do sol no pátio do hospital, mas foram surpreendidos com uma ampla programação, que contemplou com recreação com jogos, músicas de esperança interpretadas por enfermeiros e técnicos de enfermagem, além da interação surpresa com familiares distantes através de cartas e vídeos que deixaram os papais emocionados e felizes. E teve mais, o grande destaque foi a ação “Força de Pai para Pai”, voltada para os pacientes internados na UTI.

O objetivo reforçou que vale a pena ter esperança e lutar, juntamente com as equipes de saúde, pela recuperação e alta. E o exemplo foi real, na forma de um testemunho de quem já esteve muito mal na UTI  do HSE, e que hoje está plenamente recuperado, com saúde, e foi dar esperança àqueles papais que precisam ainda lutar para voltar para casa.

O ex- paciente e pastor evangélico Nélson Roberto Silva Abreu esteve entre a vida e a morte em janeiro de 2021; com um caso grave de Covid19 que o deixou com 85% dos pulmões comprometidos e internado por 31 dias no HSE, sendo 12 deles na UTI. Esse ano, ele celebrou o Dia dos Pais com seus dois filhos e viajando para o interior para visitar o pai. Uma história de superação com final feliz, e que foi possível graças à dedicação e eficiência das equipes do HSE. Mas antes de viajar, o Pastor Nélson fez questão de protagonizar a ação “Força de Pai para Pai”, levando um testemunho de fé e esperança para os pacientes da UTI.

“Eu tive muito medo de não poder voltar para minha esposa e meus filhos que são pequenos. Nesse tempo aprendi a reconhecer ainda mais a importância de todos os profissionais do hospital – da Célia da limpeza, do Matheus que entrega o lanche, das enfermeiras, fisioterapeutas e médicos – que foram decisivos na minha recuperação e atuaram como verdadeiros anjos. Sou muito grato a Deus e a todos do HSE. E hoje é uma alegria voltar aqui saudável, para dar minha palavra de fé e de esperança a esses pais internados. Que o meu exemplo os fortaleça! É importante ter fé, lutar junto da equipe médica e ter paciência para enfrentar os dias de internação e nunca desistir. Hoje trago essa palavra que não é minha, é de Deus: tenham fé e não desistam. Nem toda tempestade é o fim, nem tudo é morte, em tudo há um propósito e devemos aprender até em situações como essa”, enfatizou o ex- paciente Nélson Abreu.

Música, fé e palavras de força completaram a “receita” criada para elevar o emocional e motivar os pais internados no HSE que assim, conseguiram ter um Dia dos Pais mais feliz; mesmo lutando pela saúde, mas agora com forças renovadas por esse momento lúdico tão importante. E  segundo atestam pesquisas médicas, essa parte emocional dos pacientes, assim como o amor e apoio da família, são insumos determinantes para potencializar o processo de recuperação da saúde.   

Para o advogado Rafael Fonseca, essa homenagem foi também uma ação terapêutica; e que vai ajudar o pai dele, seu Licenor Fonseca que sofreu um infarto e pela primeira passou o Dia dos Pais internados, a ter mais fé na recuperação:

“Estou muito agradecido ao HSE por essa ação. Meu pai tem recebido excelentes cuidados médicos aqui, mas hoje recebeu muito mais, ele ganhou amor redobrado e esperança. Eu pude dizer a ele de perto Eu te Amo, e isso associado ao testemunho de fé do Pastor Nélson que já esteve naquela mesma UTI, com certeza é um remédio motivacional importante”, disse o filho que se emocionou na visita.