Designada comissão para aperfeiçoamento de sistemas do MPMA

Em portaria assinada na última sexta-feira, 28, o procurador-geral de justiça, Eduardo Nicolau, designou quatro promotores de justiça para integrarem a Comissão de Estudos de Aperfeiçoamento de Sistemas (Ceas). A comissão irá elaborar estudos e apresentar propostas que tornem o Sistema Integrado do Ministério Público (Simp) e o sistema de tramitação de documentos administrativos (Digidoc) mais ágeis e eficientes.

A comissão é formada pelo diretor da Secretaria para Assuntos Institucionais em exercício, Joaquim Ribeiro de Souza Júnior, e pelos promotores de justiça Felipe Augusto Rotondo, Larissa Sócrates de Barros, Luiz Muniz Rocha Filho e Tibério Augusto Lima de Melo.

Na portaria de criação da Comissão, o procurador-geral de justiça destaca a “necessidade de adequar os referidos sistemas de tal forma a que possam melhor servir como instrumentos para aferição imparcial da produtividade dos membros e servidores do Ministério Público do Estado do Maranhão”, ressaltando que qualquer alteração deve ser precedida de um estudo pela classe, adequando-se às necessidades dos usuários.

De acordo com o diretor da Secretaria para Assuntos Institucionais em exercício, Joaquim Ribeiro de Souza Júnior, “essa é uma demanda de membros e servidores que utilizam diariamente os sistemas e reclamam da obsolescência e problemas técnicos do Digidoc e Simp, bem como da ausência de interoperacionalidade dos sistemas internos com o PJe (Processo Judicial Eletrônico), razão pela qual a comissão será de fundamental importância”.

Em relatório com propostas de modernização e aperfeiçoamento dos sistemas deverá ser apresentado em até 120 dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.