Deputados visitam APAE de São Luís para discutir realização do Teste do Pezinho

Um grupo de deputados da Assembleia Legislativa do Maranhão visitou a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE) de São Luís; para conhecer o trabalho da entidade mais a fundo e discutir a necessidade de aquisição de reagentes para os exames do Teste do Pezinho, para assegurar que todos os recém-nascidos no Estado tenham acesso a este teste importantíssimo que previne doenças metabólicas e genéticas.

Representando a presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, Iracema Vale (PSB), o deputado Antônio Pereira (PSB) liderou a comitiva. Além das discussões sobre o Teste do Pezinho, os deputados também tiveram a oportunidade de conhecer as instalações da instituição. Participaram da visita os deputados Andreia Rezende (PSB), Carlos Lula (PSB), Cláudia Coutinho (PDT), Dra. Vivianne (PDT), Fabiana Vilar (PL), Fernando Braide (PSD), Jota Pinto (Podemos), Júlio Mendonça (PcdoB), Osmar Filho (PDT), Ricardo Seidel (PSD), Wellington do Curso (PSC) e Zé Inácio (PT).

Os deputados foram recebidos por alunos do Centro de Atendimento Educacional Especializado (CAEE) Eney Santana, mantido pela APAE de São Luís, e apresentaram músicas do repertório do renomado cantor e compositor maranhense João do Vale. E foram recepcionados pela diretoria da APAE de São Luís. Vanderlaan Rolim, Diretor do Conselho de Administração, representou a Presidente da instituição, Arionildes da Silva e Silva; Ele estava acompanhado da Assessora Jurídica Dra. Conceição Lima Melo Rolim; da Gestora Christiane Diniz e da Gestora de Saúde Emanuelle Costa.

Durante a recepção, foi ressaltado o papel histórico e relevante da APAE de São Luís, que há mais de cinco décadas tem sido uma referência na promoção da atenção integral à pessoa com deficiência na região, especialmente àqueles com deficiência intelectual ou múltipla.

Vale lembrar que a APAE de São Luís é reconhecida pelo Ministério da Saúde como Serviço de Referência Estadual neste tipo de triagem neonatal, realizando o Teste do Pexzinho em 85% dos recém-nascidos nos 217 municípios do Maranhão.