CGJ inicia visitas técnicas em comarcas do interior para aperfeiçoar gestão judiciária

A Coordenadoria de Planejamento e Aprimoramento da Justiça de Primeiro Grau da CGJ-MA iniciou esta semana, em São João dos Patos, seu plano tático de visitas técnicas às unidades para apoiar a construção de planos de ação para a melhoria da gestão.

A iniciativa objetiva o nivelamento de conceitos para mostrar a metodologia de trabalho e as vantagens do planejamento, com cases práticos e trabalhos em grupo. Durante dois dias (28 e 29), doze servidores foram capacitados em metodologias de administração e gestão como Matriz GUT, SWOT e 5W2H para a construção de planos de ação e projetos, a partir da percepção e da realidade das unidades para a melhoria da prestação do serviço jurisdicional. 

A análise ou matriz SWOT, também conhecida como FOFA, foi abordada com o grupo durante a capacitação. A SWOT é uma ferramenta técnica de gestão que apoia as pessoas ou instituições na construção do seu planejamento estratégico. A sigla SWOT vem do inglês e significa: Strengths (Forças), Weaknesses (Fraquezas), Opportunities (Oportunidades) e Threats (Ameaças). 

Como além de planejar, é preciso também saber priorizar, a Matriz GUT, conhecida como Matriz de Prioridades, foi outra ferramenta apresentada aos participantes. Por meio da GUT, que auxilia a priorização da resolução de problemas e a tomada de decisões, é possível ordenar os problemas de acordo com a Gravidade, Urgência e Tendência.

Já a metodologia 5W2H foi aplicada na prática e teve como resultado final o plano de ação produzido pelo grupo ao término da capacitação. 5W2H é uma ferramenta de gestão também aplicada no Planejamento Estratégico, Tático e Operacional para o acompanhamento de projetos e atividades necessárias para o alcance do resultado esperado. É formado por 7 perguntas (os 5W e os 2H) que traduzem de forma simples os objetivos e as metas em forma de planos de ações. A sigla, que vem do inglês, significa: 5W – What (o que será feito?); Why (por que será feito?); Where (onde será feito?); When (quando será feito?); Who (quem é o responsável?). Os 2H se referem ao How (como será feito?) e ao How much (quanto custa?).

Ministraram o treinamento a coordenadora de planejamento estratégico da CGJ-MA, juíza Sônia Amaral, a secretária da Corregedoria, Caroline Duailibe dos Santos, e o secretário da Coordenadoria de Planejamento e Aprimoramento da Justiça de Primeiro Grau, João Paulo Teixeira Souza Cordeiro.

De acordo com Caroline Duailibe dos Santos da CGJ-MA, que ministrou a capacitação sobre o sistema Termojuris, “a primeira ação foi muito positiva, tendo sido concluída com êxito. Os treinamentos realizados contaram com a participação ativa dos servidores e da magistrada da unidade judicial, o que resultou na elaboração de um plano com ações e metas bem definidas, que serão implementadas pela unidade e acompanhadas pela Corregedoria Geral da Justiça, visando o aprimoramento dos serviços judiciais”.

Ao final do curso, além do plano de ação, foi firmado um termo de compromisso entre os participantes onde foram consignadas iniciativas como a migração do acervo físico ao Processo Judicial Eletrônico; a realização de mutirão para a diminuição do acervo pendente de julgamento e/ou de cumprimento; a diminuição da taxa de congestionamento de baixa processual da unidade; dentre outras.

Para Fernanda, participante da capacitação, “o curso proporcionou o conhecimento de técnicas de organização e de gestão eficiente com foco nos resultados, bem como privilegiou a individualidade e competência de cada servidor. No que se refere à prestação jurisdicional, com as experiências e orientações compartilhadas, verificamos que a atividade jurisdicional depende de esforço e disponibilidade de todos os servidores, com foco na solução dos conflitos/demandas da comunidade e, consequentemente, na manutenção de um ambiente de trabalho cordial, acolhedor e eficiente”.

GESTÃO – Em junho (23), a CGJ-MA publicou o Plano de Gestão para o biênio 2020/2022, que é um guia para a atuação do órgão e referência para as unidades da Justiça de 1º Grau.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.