.

Banco de Alimentos realiza ação social em Paço do Lumiar

Nesta sexta-feira (20), o Banco de Alimentos do Estado promoveu uma ação social na Escola Comunitária Eugênio Pereira, em Paço do Lumiar. A ação contou com oficina Chefes Mirins (educação alimentar para crianças), Oficina Sabores e Saberes e Aproveitamento Integral dos Alimentos, além da palestra em alusão ao mês Agosto Lilás com a subsecretária da Sedes, Larissa Abdalla. Em contrapartida, a instituição Uninassau, parceira do Banco de Alimentos, levou orientações gerais de saúde, serviços sociais e prevenção bucal.

O Banco de Alimentos é gerido pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social (Sedes), através da Secretaria Adjunta de Segurança Alimentar e Nutricional (Sasan). Chega a atender, mensalmente, quase 10 mil pessoas e cerca de 50 instituições com a distribuição de alimentos, entre elas, a Escola Eugênio Pereira, que assiste cerca de 400 crianças, entre 6 meses a 6 anos de idade.

A subsecretária da Sedes, Larissa Abdalla, ressaltou que a ação social e educativa faz parte do calendário de atividades do Banco de Alimentos, que tem como pilar o desenvolvimento de práticas educacionais na área da segurança alimentar e nutricional.

“Um evento completo, para toda a família, com oficinas voltadas para as crianças com tema na educação alimentar, assim como também para os pais e responsáveis, abordando assuntos importantes como o combate à violência contra a mulher, além de atividades na área da saúde. O Banco de Alimentos vem realizado essas atividades com as instituições cadastradas, uma vez por mês. Um trabalho contínuo com resultados maravilhosos para a população maranhense”, pontou Larissa Abdalla. 

Educação Alimentar

A oficina Chefes Mirins tem como proposta, a educação alimentar, abordando alimentação saudável e aproveitamento integral dos alimentos para as crianças. A técnica em nutrição da Sedes, Simone Moreira, explica que o método utilizado com as crianças é através da conscientização para uma alimentação saudável e nutricional, rica em frutas e verduras.

“Estou gostando de aprender a fazer comida gostosas com as frutas”, disse Kethelen Vitória, de 5 anos, durante a oficina Chefes Mirins.

Outra oficina ofertada, desta vez para mães e responsáveis dos alunos da escola Eugênio Pereira, foi a Sabores e Saberes, onde é abordado o aproveitamento integral dos alimentos. Durante a oficina, a dona de casa Liana dos Santos falou da oportunidade de aprender um pouco mais sobre como aproveitar os alimentos, desde a casca e, assim, evitar o desperdício.

“Aqui estou adquirindo novos conhecimentos sobre o aproveitamento integral dos alimentos e a partir de agora vou poder economizar um pouco mais, além de oferecer para a minha família uma alimentação mais rica em nutrientes”, afirmou a dona de casa.  

A secretária adjunta de Segurança Alimentar e Nutricional da Sedes, Lourvídia Caldas, lembrou que ações sociais como essas, são fundamentais para o desenvolvimento das comunidades atendidas pelo Banco de Alimentos.

“Nós sabemos que podemos contribuir e avançar muito mais na política de segurança alimentar e nutricional, no eixo educativo, que é o eixo que estamos desenvolvendo hoje na escola Eugênio Pereira, com a realização de avaliação nutricional, atendimento de enfermagem, saúde bucal para as crianças, além da oficina Chefes Mirins, que é o carro chefe, dentro desta programação de Orientação Educacional para essas crianças”, concluiu Lourvídia Caldas.

“Todo mês estamos realizando esta ação sócio educativa em entidades beneficiadas pelo Banco. É um momento em que reforçamos a importância da segurança alimentar e nutricional”, disse a coordenadora do Banco de Alimentos, Daniella Arraes.