Aeroporto de São Luís eleva padrão de conforto e experiência para os passageiros

O Aeroporto Internacional de São Luís (SLZ) registrou movimentação de mais de 1,4 milhão de passageiros em 2022 – números que comprovam o aquecimento do setor aéreo após o período crítico da pandemia de Covid-19. O espaço, que está sob administração da CCR Aeroportos desde março do ano passado, está revitalizando desde seu sistema de climatização a ampliação das rotas ofertadas, elevando o conforto, a comodidade e a segurança de todos que passam pelo local.

Sob a nova gestão, duas rotas inéditas também foram implantadas, uma ligando São Luís (MA), Belém (PA) e Miami (EUA), reduzindo em até cinco horas o tempo de viagem dos ludovicenses que desejam visitar o país norte-americano; e a outra para Barreirinhas (MA) e demais destinos que integram a Rota das Emoções. Outro importante acontecimento durante este primeiro ano de gestão foi a visita do atual ministro de Portos e Aeroportos do Brasil, Márcio França, que foi recepcionado pelo presidente da CCR Aeroportos, Fábio Russo. Em sua declaração, o titular da pasta aprovou a administração ao posicionar-se favorável à manutenção do formato de concessões públicas estabelecido no país pelo Governo Federal.

“Durante esses meses à frente da administração do Aeroporto Internacional de São Luís, também já realizamos várias intervenções para auxiliar no restabelecimento e manutenção dos serviços oferecidos. Todas as intervenções realizadas até aqui têm por objetivo garantir o conforto e a segurança de nossos passageiros”, destaca o coordenador do Aeroporto de São Luís, Marcelo Angelim.

Requalificação da estrutura

As primeiras melhorias executadas pela concessionária no Aeroporto Internacional de São Luís foram voltadas à substituição de equipamentos e reparos, conforme demanda, nos sanitários e fraldários, bem como a aplicação das normas de acessibilidade em todos os ambientes. Nos sanitários, por exemplo, a concessionária instalou e/ou substituiu barras de apoio que auxiliam passageiros com deficiência. Também foram revitalizadas ou instaladas rotas com piso tátil, inclusive no trecho que compreende o meio-fio do embarque aos balcões de check-in do terminal de passageiros.

Outro importante exemplo do que foi feito ao longo dos primeiros meses de gestão: o saguão do aeroporto da capital maranhense teve toda sua iluminação modernizada. A melhoria beneficiou diretamente também os colaboradores que atuam nos balcões de check-in, gerando mais fluidez e agilidade aos procedimentos que exigem a verificação da documentação necessária para o embarque. Luminárias em pontos específicos, nas áreas públicas, controladas e restritas do aeroporto também receberam a intervenção devida.

A sinalização das áreas do aeroporto também passou por intervenções ao longo desses primeiros meses de gestão. Logo na entrada, na via de acesso ao embarque e desembarque, a concessionária executou serviços para melhorar e organizar o fluxo de veículos, principalmente nos horários de pico de voos. A intervenção na sinalização também contemplou banheiros, acesso a órgãos públicos que atuam dentro do aeroporto e, principalmente, o pátio e a pista de pousos e decolagens – com revitalização de traçados, placas e luminárias.

A CCR Aeroportos ainda revisou toda a parte de refrigeração do aeroporto, executando a manutenção, limpeza e substituição de aparelhos de ar-condicionado danificados ou com baixa performance operacional, melhorando o conforto térmico em ambientes como o terminal de passageiros, salas e pontes de embarque, reduzindo a temperatura de 5 a 6 graus, alcançando, em determinados pontos, a sensação térmica de 21 graus.

Escadas rolantes, elevadores, esteiras de embarque e outros equipamentos importantes para a mobilidade dentro do aeroporto e, também essenciais para a execução dos procedimentos de embarque e desembarque, passaram por  revisão completa, ao mesmo tempo em que foram executados serviços de recuperação e reparo de paredes, coberturas, forros, pisos, pintura e na rede de drenagem que atravessa a via de apoio ao terminal de passageiros.

Novas rotas

Além de melhorias na infraestrutura, a CCR Aeroportos, em parceria com as companhias aéreas, ampliou a oferta de voos em SLZ. Em setembro do ano passado, o Aeroporto Internacional de São Luís passou a disponibilizar voos diretos para os destinos que integram a Rota das Emoções, considerada um dos melhores e mais bem estruturados roteiros turísticos do Brasil. São 500 km de percurso e emoção em dose tripla, com direito a muitos dias de aventura e sossego, paisagens paradisíacas, cultura nordestina autêntica, ecoturismo, dunas e lagoas. O roteiro envolve três paraísos naturais em estados diferenteso Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses (MA), a Área de Proteção Ambiental do Delta do Parnaíba (PI) e o Parque Nacional de Jericoacoara (CE).

Dois meses depois, em dezembro, o aeroporto da capital maranhense passou a oferecer voos diretos para Belém (PA), rota que aproxima São Luís dos Estados Unidos e é operada pela Azul Linhas Aéreas. Dessa forma, os passageiros da capital ludovicense chegarão ao Aeroporto Internacional de Fort Lauderdale – Miami em oito horas e cinquenta e cinco minutos, reduzindo em mais de cinco horas o tempo de viagem.

Cargas

Com o compromisso de oferecer soluções logísticas modernas nas localidades onde atua, a CCR Aeroportos viabilizou uma importante parceria com o Mercado Livre – plataforma de comércio online para comprar e vender produtos diversos. Desde setembro, o Aeroporto de São Luís recebe o cargueiro do marketplace, reduzindo o tempo de entrega de suas mercadorias para o Nordeste.

O Terminal de Cargas do aeroporto (TECA SLZ) também passou a receber cargas internacionais, com todo o processo de nacionalização realizado no estado do Maranhão. A exemplo, recebeu, em dezembro, a bordo de um Boeing Jumbo 747-400, da National Airlines, peças do primeiro foguete privado a ser lançado da base de Alcântara (MA). As peças foram trazidas da Coreia do Sul e desembaraçadas em tempo recorde no aeroporto da capital maranhense.

Novos serviços

Os passageiros também estão vivendo uma experiência com a inovação da rede de lojas e food-service. Desde o ano passado, a concessionária tem dialogado com novas redes e negócios locais e já conseguiu ampliar o leque de opções com duas grandes conhecidas no setor alimentício, a loja Rei do Mate e a Casa do Pão de Queijo, esta última com lojas em diferentes áreas do aeroporto.

“Tudo o que foi realizado até aqui tem o compromisso de proporcionar cada vez mais uma experiência satisfatória aos nossos clientes e, para isso, seguiremos realizando as intervenções que forem necessárias. Para o futuro, temos mais obras em planejamento e seguimos dialogando com lojistas locais e grandes empresas com atuação nacional para oferecer mais atrativos aos nossos clientes, assim como novas rotas”, frisa Marcelo Angelim, coordenador do Aeroporto de São Luís.

Sobre a CCR Aeroportos | A CCR Aeroportos, Negócio do Grupo CCR, opera 20 aeroportos no mundo, firmando sua presença em quatro países e nove estados brasileiros. Com a recente expansão a empresa se consolidou como uma das maiores operadoras em número de aeroportos no Brasil. Ao todo administra 17 aeroportos brasileiros: São Luís e Imperatriz, no Maranhão; Palmas, no Tocantins; Teresina, no Piauí; Petrolina, em Pernambuco; Goiânia, em Goiás; o Aeroporto Internacional de Belo Horizonte, por meio da BH Airport, e o Aeroporto da Pampulha, em Minas Gerais; Curitiba, Bacacheri, Londrina e Foz do Iguaçu, no Paraná; Navegantes e Joinville, em Santa Catarina; e Pelotas, Uruguaiana e Bagé, no Rio Grande do Sul. No exterior, a empresa opera os aeroportos de Juan Santamaria (Costa Rica), Quito (Equador) e Curaçao (Antilhas Holandesas). Em todas estas operações, a CCR Aeroportos movimenta cerca de 42 milhões de passageiros/ano. Portal CCR Aeroportos – https://www.ccraeroportos.com.br/