Serviços retomam e Vigilância Sanitária reforça fiscalizações educativas

Foram intensificadas as fiscalizações a estabelecimentos e serviços que voltaram a funcionar, permitidos por decreto do Governo do Estado. O trabalho é coordenado pela Superintendência de Vigilância Sanitária Estadual (Suvisa), órgão da Secretaria de Estado de Saúde (SES), e prioriza municípios da Região Metropolitana de São Luís, nos bairros onde há maior demanda e mais pontos de aglomeração de pessoas. O objetivo é sensibilizar a população para cumprir as medidas restritivas e, assim, diminuir os riscos de contágio pelo novo coronavírus.

Mais de 1,5 mil ações foram realizadas na operação, desde seu início, em março. São cerca de sete equipes, atuando de segunda a sábado, nos turnos da manhã e tarde. O titular da Superintendência de Vigilância Sanitária (Suvisa), Edmilson Diniz, pontua que “a instituição tem agido rotineiramente com esta agenda, para fortalecer o trabalho de combate ao novo coronavírus no Estado”. A ação estadual é feita em conjunto com vigilâncias sanitárias municipais e apoio da Polícia Militar, Bombeiros Civis e Procon.

As equipes orientam evitar aglomerações internas, etiqueta respiratória, uso de máscaras, higienização das mãos e distanciamento social, entre outros. Em caso de descumprimento, pode culminar em autuação com advertência, multa e interdição. Todo o trabalho tem base na educação e sensibilização, para manter os serviços funcionando, a economia movimentando e as pessoas protegidas, enfatiza Edmilson Diniz. “A ação tem se mostrado de grande importância para sensibilizar as pessoas no cumprimento dos protocolos sanitários”, reforça.

O plano de trabalho é atualizado conforme novos decretos e será potencializado nas próximas semanas, priorizando os novos serviços que foram permitidos abrir. “Nossa maior intenção é combater a pandemia e manter a economia ativa. É a forma que temos que dar resposta à população e garantir a assistência de qualidade e segurança aos cidadãos”, disse o titular da Suvisa.