Giro de Noticias

Primeira suplente de vereador, Cricielle Muniz aciona MP contra Prefeitura de São Luís por falta de transparência no combate à Covid-19

Eleita primeira suplente de vereador pelo PT na última eleição, Cricielle Muniz decidiu cobrar explicações da Prefeitura de São Luís por falta de transparência no combate à Covid-19. Para tal, ela acionou o Ministério Público do Maranhão nesta quinta-feira, 28 de janeiro.

“A vacinação iniciou no dia 19 de janeiro e até o momento não temos a divulgação da lista das pessoas já imunizadas. Essa falta de transparência contribui para irregularidades, como furo da fila e outros acontecimentos dos quais temos tomado conhecimento”, justifica Cricielle.

Incansável defensora da saúde pública e do SUS, temas amplamente destacados em sua campanha de 2020, Cricielle avalia que só a transparência das ações de combate à Covid-19 pode dirimir as suspeitas de irregularidades.

“É uma medida necessária para verificarmos se realmente as fases do plano de vacinação estão sendo seguidas corretamente’, assegura a suplente de vereador. Cricielle também solicitou boletins diários sobre leitos de UTI e enfermarias, casos de óbitos, testes e curados diante da ausência de informações e dados fornecidos pela prefeitura.