.

Primeira Secretaria da Câmara realiza reunião para tratar sobre tramitação processual

A Primeira Secretaria da Câmara Municipal de São Luís realizou uma reunião, na última quinta-feira (27), com funcionários de diversos setores da Casa que teve como objetivo discutir os trâmites processuais dentro do legislativo municipal.

O vereador e primeiro secretário, Octávio Soeiro (Podemos), explicou que reuniu todos os setores que envolvem as tarefas da Primeira Secretaria para buscar um alinhamento e sintonia dos trabalhos, para que se possa ter uma melhor eficiência na resolução dos trâmites processuais da Casa.

“Esse foi um compromisso que fizemos ao assumir a Primeira Secretaria: reunir mensalmente e sempre buscar a melhoria dos trabalhos técnicos da Casa, informando, treinando as equipes de gabinete e, acima de tudo, buscando a evolução nesse trâmite processual”, disse o parlamentar.

O vereador acrescentou ainda que o aprimoramento dos trabalhos técnicos interfere diretamente nos resultados da casa legislativa, seja nos projetos de lei, requerimentos e indicações. Octávio Soeiro informou que trimestralmente buscará dados da quantidade de proposições que foram efetivadas no período para avaliar a evolução dos trabalhos técnicos da Câmara.

A chefe do Departamento de Deliberação da Câmara de São Luís, Maria Cosethy, explicou que desde o ano de 2019 vem sendo implantado um sistema legislativo e que o mesmo agiliza o andamento dos processos, e também dá transparência ao trabalho.

“De acordo com o processo legislativo, a gente está vendo o que pode mudar, conforme a necessidade do maior cliente, que é o vereador, e mais do que nunca a comunidade ludovicense, para que possam ter acesso a essas informações”, disse Maria Cosethy,  disse, destacando que a modernização dos processos legislativos ajudou os funcionários da Câmara no período de pandemia. “De certa forma a pandemia não afetou, conseguimos ter um êxito em relação a esse trabalho”, disse.

Maria Cosethy afirmou que antes, os processos tramitavam de forma física, agora, tramitam de forma eletrônica. “O que é uma vantagem para o andamento da Câmara. Seja para o melhor funcionamento interno, como também para facilitar o acesso das informações da casa legislativa pela população”, finalizou a servidora.