Prefeitura auxilia no controle de normas em inauguração de supermercado

O trabalho de fiscalização do município não para. Nesta sexta-feira, 29, equipes da Prefeitura auxiliaram no controle do fluxo de pessoas e veículos no primeiro dia de funcionamento de um novo supermercado, na Avenida Babaçulândia. Em menos de 40 minutos, um momentâneo aumento na circulação de pessoas no local foi contido e a permanência de clientes organizada por agentes públicos, em conjunto com os colaboradores do estabelecimento.

Ação foi realizada pela Secretaria de Governo,  Vigilância  Sanitária  e Guarda Municipal, além de contar com a participação das secretarias de Trânsito e Transportes, Setran; Planejamento Urbano, Seplu, e Superintendência de Proteção e Defesa Civil. O objetivo é garantir mais segurança para a população mediante a flexibilização gradual de algumas atividades em Imperatriz, definidas pelo decreto nº 60/202, no conjunto de ações sanitárias de enfrentamento ao Coronavírus, Covid-19.

De acordo o secretário de Governo, Eduardo Soares, as fiscalizações foram intensificadas e o cumprimento das normas de segurança de distanciamento social nos locais em funcionamento são observadas com atenção pela Prefeitura. “Reforçamos a equipe do novo supermercado, ficamos na porta controlando o acesso de pessoas e fechamos o estacionamento, isso tudo até esvaziar e diminuir o fluxo de clientes no local”, explicou sobre a ação.

Os responsáveis pelo supermercado trataram a respeito das medidas de prevenção e segurança com os órgãos da municipalidade desde a última quinta-feira, 28. No local, os agentes públicos passaram a permitir a entrada de apenas um cliente por vez, tendo a ligeira diminuição do fluxo de pessoas e veículos. Filas dentro do supermercado também foram reguladas, com o controle de 2 metros de distância entre as pessoas. A rápida resposta da equipe do município, juntamente com os colaboradores do estabelecimento, contribuiu para eficaz intervenção em possíveis aglomerações.

“Nossa equipe esteve nesta ação fiscalizando e orientando os responsáveis pelo empreendimento sobre os decretos que dispõem de medidas preventivas e de combate à Covid-19. Nossa preocupação e de toda a administração municipal é com a segurança e a saúde  das pessoas”; afirma Valdenice Ribeiro, coordenadora da Vigilância Sanitária.

Secretário de Governo ressalta ainda que o propósito do município não é fechar empresas, mas sim que elas voltem a funcionar, mesmo que seja inicialmente com 30% de sua capacidade. Porém, é importante que os donos dos estabelecimentos e a população colaborem para o cumprimento das normas. “Pedimos aos empresários que nos ajudem neste momento, é uma flexibilização e todas as medidas de prevenção à Covid-19, que constam nos decretos, devem ser observadas”, declarou.