Polícia Civil efetua prisão em flagrante de envolvidos em planejamento de ataques a estabelecimentos comerciais

A Polícia Civil do Maranhão, efetuou a prisão nesta quinta-feira (25), de 03 (três) pessoas pelos delitos de incitação ao crime, associação criminosa e corrupção de menores. A investigação teve início há 02 (dois) dias, quando chegou ao conhecimento da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC) um áudio que teve grande repercussão em aplicativo de mensagem instantânea. Neste arquivo um homem não identificado afirma que “arrastões” seriam praticados em estabelecimentos comerciais de São Luís, em razão das restrições aplicadas durante a pandemia da COVID-19.

Identificou-se ainda a formação de grupos de pessoas, em redes sociais, a fim de discutir tal planejamento criminoso. A partir da identificação de parte dessas pessoas, na tarde de hoje, procedeu-se com a oitiva de 10 (dez) envolvidos. Destes, identificou-se que 02 (dois) homens e 02 (duas) mulheres, sendo uma menor de idade, vinham tendo intensa participação no planejamento e incitação à prática dos crimes supramencionados. Apurou- se que a execução criminosa se daria nos próximos dias, aproveitando-se da vulnerabilidade do período restritivo, onde irão funcionar apenas serviços essenciais.

As investigações terão continuidade no sentido de identificar outros envolvidos a partir da análise do material apreendido. Após os procedimentos de praxe os investigados foram encaminhados à unidade prisional, onde aguardarão à disposição do Poder Judiciári