O Maranhense|Notícias do Estado do Maranhão

Pescados são entregues aos moradores do Residencial Jomar Moraes, em São Luís

O Governo do Estado, por meio da Secretaria das Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid), em parceria com a Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF), no âmbito do Programa Comida na Mesa, beneficiou, na segunda-feira (25), 1.104 famílias do Residencial Jomar Moraes, em São Luís, com a entrega de 2,2 toneladas de peixes.

O Comida na Mesa, sob coordenação da SAF, é um programa de fortalecimento da segurança alimentar, que alinha eixos como a venda de refeição a preços acessíveis nos restaurantes populares, aquisição de alimentos da agricultura familiar pelo Programa de Compras da Agricultura Familiar (Procaf) e distribuição de cestas básicas para as famílias em situação de vulnerabilidade social. Agora, recebe mais um reforço, com a entrega de peixes para as famílias carentes.

Os secretários de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano, Márcio Jerry, e o de Agricultura Familiar, Rodrigo Lago, estiveram presentes a ação. A entrega dos alimentos foi organizada com senhas para os titulares dos apartamentos. Atendendo todos os protocolos de prevenção à Covid-19, cada família recebeu dois quilos do pescado tambaqui.

“Mais uma vez estamos aqui, no residencial Jomar Moraes, ao lado do nosso secretário Rodrigo Lago, para a entrega de alimentos do programa Comida na Mesa. É uma ação de segurança alimentar, que está sendo garantida pelo nosso governador Flávio Dino, através dessa importante iniciativa”, ressaltou Márcio Jerry.

De acordo com o secretário Rodrigo Lago, o programa Comida na Mesa é mais uma forma de melhorar a situação das famílias carentes, agravada pela crise econômica que passa o país. “Esta ação é de grande importância e vem somar às outras ações que estão sendo desenvolvidas pela Secid. É Governo do Povo assegurando comida para os que mais precisam”, destacou.

Para a moradora Maria da Conceição Rodrigues, o pescado servirá para complementar a alimentação da família. “Nós só temos a agradecer pela assistência que o Governo vem nos dando. Muitas famílias aqui, não tem nada para comer. Por isso, essa sacola de peixe chegou em uma boa hora”, afirmou.