.

Mulheres recebem alimentos e capacitação na Campanha Mesa Cheia

Mulheres em situação de vulnerabilidade social no município de Coroatá foram beneficiadas com a entrega de 50 cestas básicas com 400 quilos de alimentos, por meio de parceria institucional entre a 1ª Vara da Comarca de Coroatá, a Prefeitura Municipal, as organizações “Instituto do Bem”, “Associação Mulher Empresária de São Paulo” e apoio da sociedade civil.

As cestas básicas foram doadas por empresários e entregues na última quinta-feira, 8, no Complexo Educacional da cidade, com a presença de autoridades municipais, organizadores e apoiadores da campanha e familiares das beneficiadas. Medidas preventivas foram tomadas para proteger o público da contaminação pelo coronavírus, como a obrigatoriedade do uso de máscaras, espaçamento entre as cadeiras e higienização das mãos.

A realização da Campanha “Mesa Cheia – Todas pelo Maranhão” – em Coroatá contou com a participação da juíza Anelise Nogueira Reginato (1ª Vara de Coroatá); dos secretários de assistência social, Daniel Sousa da Silva, e de empreendedorismo, Régia Menezes; da advogada Ana Brandão Feitosa, presidente do Instituto do Bem e dos servidores dos órgãos envolvidos.https://if-cdn.com/2hE5uHi

EMPREENDEDORISMO FEMININO

As beneficiárias foram escolhidas, prioritariamente, dentre mulheres que são arrimo de família, que foram cadastradas previamente para participar da campanha. Segundo a organização do evento, a campanha tem um objetivo mais amplo, além do fornecimento de alimentação para o sustento, de proporcionar à mulher, mãe ou base de família, meios de garantir o seu poder de compra e independência financeira.

Para alcançar esse objetivo, o programa é realizado em três etapas. A primeira, começa pelo cadastramento de mulheres em situação de vulnerabilidade para o recebimento das cestas básicas. A segunda, pela capacitação – considerada a mais importante, por proporcionar o aprendizado para o trabalho e administração de negócios. E a terceira e última etapa, com o acompanhamento do desempenho e evolução no trabalho.

“Elas vão desenvolver técnicas para ter um ofício e aprender a administrar o negócio, porque não adianta, por exemplo, ela começar a vender salgadinho e começar a pagar pra trabalhar, por não saber administrar o seu negócio, ou não saber o valor dos custos e acabar gastando mais do que deveria lucrar”, explica a juíza Anelise, que falou às participantes durante a solenidade. 

Em todo o Estado, a campanha já beneficiou centenas de famílias com a entrega de cestas em 33 municípios, dentre eles, São Luís, Imperatriz, Balsas, Caxias, Açailândia, Dom Pedro e Nova Olinda.

Quem estiver interessado em participar da campanha pode obter mais informações na internet (https://www.kickante.com.br/campanhas/todas-pelo-maranhao), pelos telefones (98)98152-5999 (98) 981866925; e-mail: institutodobem2020@gmail.com e redes sociais das instituições.