MPMA recebe reivindicações de profissionais de eventos

Na manhã desta quinta-feira, 6, o procurador-geral de justiça, Eduardo Nicolau, e a promotora de justiça do Consumidor de São Luís, Lítia Cavalcanti, receberam a visita de representantes da Associação Maranhense de Profissionais de Eventos Sociais (Amafestas), na Procuradoria Geral de Justiça.

Representado pelo presidente Francivaldo Mendes, a Amafestas veio solicitar a intermediação do Ministério Público do Maranhão junto ao Governo do Estado para assegurar o retorno das atividades desse ramo profissional, obedecendo aos protocolos de segurança e limitando o público ao percentual de 30% da capacidade dos estabelecimentos.

Em caso de permanência da suspensão das atividades, a entidade solicita a concessão de auxílio emergencial do Governo do Estado, com periodicidade mensal, enquanto durar a quarentena. 

Na reunião, o secretário de Estado da Cultura, Anderson Lindoso, conversou virtualmente com os participantes e ouviu as reivindicações.

O procurador-geral de justiça, Eduardo Nicolau, prometeu, em caso de retorno das atividades, apoiar a categoria, com o acompanhamento da fiscalização das atividades. “Temos que proteger a população, evitando a propagação do vírus. Ao mesmo tempo, o Poder Público deve pensar soluções para a economia não ficar parada”, afirmou o chefe do MPMA.

Os profissionais de eventos sociais trabalham com organização de aniversários, casamentos e festas em geral.