O Maranhense|Notícias do Estado do Maranhão

Marlon Botão propõe parceria para transporte de pessoas de baixa renda a centros de imunização contra Covid-19

Tramita na Câmara Municipal de São Luís o Requerimento 803/21, de autoria do vereador Marlon Botão (PSB), que solicita a realização de parceria público-privada entre o Executivo Municipal e empresas de transporte por aplicativo. O objetivo é facilitar o deslocamento de pessoas de baixa renda e de profissionais de Saúde que trabalham no processo de imunização aos centros de vacinação contra a Covid-19, existentes na capital maranhense.

“A proposição visa auxiliar tanto no avanço do processo de vacinação quanto na questão econômica, pois a sociedade está muito fragilizada por conta da pandemia. Assim, a parceria público-privada ajudaria bastante a população de São Luís neste momento crítico”, justificou o parlamentar municipal, Marlon Botão, no requerimento.

Na sessão ordinária do último dia 10, o vereador anunciou que havia elaborado e protocolado na Câmara Municipal de São Luís um requerimento que trata do deslocamento de pessoas aos centros de imunização e explicou o porquê elaborou tal proposição.
“Sabemos que os idosos possuem uma aposentadoria muito baixa, e que a maioria da população tem salário que varia de 2 a 3 salários mínimos.

Também vale lembrar que diminuiu muito o valor da tarifa e número de corridas para os motoristas de aplicativos, que possuem família para sustentar. Outras cidades já fizeram a parceria que sugiro, e deu certo. Maceió, Natal, Campina Grande e João Pessoa estão garantindo a ida gratuita tanto de usuários quanto de profissionais de Saúde para os centros de vacinação”, explicou Marlon Botão.

Mais informações
A parceria entre a empresa Uber e entes públicos, sejam prefeituras ou governos estaduais, já é uma realidade no Brasil nesse momento de pandemia. O acordo firmado entre aquela empresa de transporte por aplicativo e o poder público objetiva principalmente levar as pessoas até os postos de vacinação contra a Covid-19 e, assim, contribuir com o avanço da imunização nas localidades.
“Os governos dos estados da Paraíba e Pernambuco e a Prefeitura de Maceió, por exemplo, são locais que já estabeleceram essa parceria. Em todos esses casos, está sendo garantido o transporte gratuito das pessoas pertencentes aos grupos prioritários aos postos de vacinação”, afirmou Marlon Botão.