LATAM começa a realizar no Brasil manutenção pesada de aeronaves Boeing 767 cargueiras

A LATAM Airlines Brasil deu início em seu Centro de Manutenção (MRO), em São Carlos (SP), ao primeiro processo de manutenção pesada (“Check-C”) em uma aeronave Boeing 767 cargueira. O modelo de avião tem sido bastante utilizado pela companhia desde o início da pandemia de Covid-19 para o transporte de inúmeros insumos médicos por todo o Brasil. A aeronave, de prefixo N420LA, pousou em São Carlos às 10h30min de segunda-feira (24), proveniente de Miami e após escala em Campinas. Ela permanecerá no MRO da LATAM durante 30 dias para revisão com maior grau de profundidade de seus componentes e estruturas.

A LATAM já possui desde 2009 a certificação para realizar a manutenção pesada (“Check-C”) em qualquer aeronave de passageiros do modelo Boeing 767. A aplicação do processo em aviões de carga é parte da estratégia de internalização dos processos de manutenção e de fortalecimento do MRO da LATAM, uma vez que, anteriormente, esse tipo de trabalho em cargueiros era realizado apenas em centros de manutenção fora do Brasil. O projeto deverá colaborar para otimizar custos de manutenção.

“Já tínhamos bem definida essa estratégia de trazer nossas aeronaves para dentro do MRO, com o objetivo de aproveitar nossa expertise e potencializar ainda mais nossas operações na localidade. Com a pandemia, acabamos acelerando esse projeto e já iniciamos o primeiro Check-C em um avião cargueiro, com a expectativa de recebermos para revisão até o fim de 2020 outra unidade do mesmo modelo”, afirma Alexandre Peronti, diretor de Manutenção da LATAM Airlines Brasil.

O projeto deverá contar com a colaboração de 100 profissionais de diversas áreas do MRO da LATAM, como engenharia, almoxarifado, planejamento, mecânicos, entre outros, que receberam treinamentos sobre os detalhes específicos a respeito da manutenção em cargueiros.

Manutenção Check-C e aeronaves cargueiras

A manutenção tipo Check-C é uma revisão detalhada das aeronaves, composta por serviços de desmontagens, inspeções, montagens, trocas de peças, restaurações e testes. O Check-C pode durar de 5 a 30 dias, dependendo da complexidade dos serviços e idade da aeronave.

A previsão é de que, ainda em 2020, outra aeronave Boeing 767 cargueira da LATAM passe pela manutenção do tipo Check-C no MRO da LATAM em São Carlos (SP).

LATAM MRO

O MRO da LATAM em São Carlos (SP) é o maior centro de manutenção certificado da América do Sul e um dos grandes polos de inovação do Grupo LATAM Airlines a serviço da eficiência e segurança operacional da companhia. Em 2019, o MRO realizou 197 checks e revisou mais de 52 mil componentes de aeronaves.

Sobre LATAM Airlines Group S.A

O Grupo LATAM Airlines é o principal grupo de companhias aéreas da América Latina e um dos maiores do mundo em conectividade. Oferece serviços aéreos para 145 destinos em 26 países, e está presente em seis mercados domésticos da América Latina (Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador e Peru) e mantém operações internacionais na região e para Europa, Estados Unidos, Caribe, Oceania, África e Ásia.

O Grupo LATAM Airlines tem mais de 42 mil funcionários e opera aproximadamente 1.400 voos diários e mais de 74 milhões de passageiros transportados ao ano.

Com uma frota jovem e moderna, o Grupo LATAM Airlines conta com 332 aviões, incluindo Boeing 787, Airbus A350, A321 e A320neo como os modelos mais modernos em suas categorias.

O Grupo LATAM Airlines é o único grupo de companhias aéreas da América e um dos três no mundo a ingressar no Índice de Sustentabilidade Dow Jones World, pelo sexto ano consecutivo, tendo sido reconhecido por suas práticas sustentáveis, com base em critérios econômicos, sociais e ambientais.

As ações do Grupo LATAM Airlines são negociadas na bolsa de Santiago e na bolsa de Nova York em forma de ADRs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.