Governo atende mais de 14 mil pessoas em Drive-Thru de teste para Covid-19 em São Luís

Mais de 14 mil pessoas foram atendidas pelo Drive-thru de teste rápido para Covid-19, instalado pelo Governo do Estado no estacionamento do Multicenter Sebrae, em São Luís. O serviço teve início, oficialmente, no dia 14 e encerrou suas atividades na quarta-feira (30). O público-alvo era formado por idosos, gestantes e pessoas com deficiência. 

No total, 14.418 pessoas realizaram os testes rápidos, dos quais 81,80% testaram negativo. Apenas 2,46% apresentaram IgM reagente ou positivo, ou seja, o paciente foi contaminado recentemente e o corpo ainda pode estar lutando contra a infecção e transmitindo a doença.  

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, reforçou a importância do serviço. “Estamos em fase de controle da doença no estado e a testagem é uma das ações que nos permite avaliar como está o cenário a fim de traçarmos as estratégias necessárias nesta fase ainda de pandemia. Os resultados são positivos já que mais de 80% do público considerado mais vulnerável a complicações da doença recebeu resultado negativo”, disse.  

“O Governo adotou, desde o início da pandemia, uma política coerente de enfrentamento com testagem e abertura de leitos. Foi o primeiro estado a abrir um centro de testagem. Com o drive, a ideia era testar de forma segura os pacientes mais vulneráveis à doença. Dessa forma a população fica mais tranquila e a gestão pode planejar ações e isolar os que ainda transmitem, quebrando a cadeia de contaminação. Com o fim desta etapa, agradecemos aos nossos profissionais de saúde pelo empenho em atender à população”, destacou o presidente da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares. 

Grávida de 5 meses, Lizandra Leão foi a última pessoa a realizar o teste rápido. O resultado negativo para a Covid-19 deixou a gestante mais tranquila. “Achei boa a iniciativa. É um teste caro e nem todo mundo tem condições de fazer. Eu não teria, por isso achei bom o Governo liberar para fazer. Agora é continuar com a prevenção, evitando sair de casa, e, quando precisar sair, usar a máscara continuamente e álcool em gel, porque o vírus ainda está aí”, afirmou. 

A técnica em enfermagem Cristina Azevedo trabalhou em uma das cinco tendas montadas para atender ao público no drive-thru. “Pudemos trazer um pouco de segurança para a comunidade em relação à dúvida que o público atendido tinha. Foi fundamental poder tirar as incertezas que tinham sobre a Covid-19”, afirmou. 

Com o sucesso na capital, o Governo leva, a partir da próxima semana, o serviço à Imperatriz. O drive-thru de teste rápido para a Covid-19 será instalado, a partir da segunda (5), no Centro de Convenções de Imperatriz.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.