.

 Gabinete de Mediação Comunitária promove oficina sobre práticas acessíveis

O Ministério Público do Maranhão realizou nesta quarta-feira, 28, na sede da Escola Superior do MPMA, em São Luís, a oficina “Práticas Atitudinais Acessíveis”. O objetivo foi promover a acessibilidade e ampliar o debate sobre o tema. O treinamento teve como público principal educadores, mediadores de leitura, contadores de histórias e demais profissionais executores de políticas públicas. 

A oficina foi organizada pelo Gabinete de Mediação Comunitária, coordenado pelo promotor de justiça Vicente de Paulo Silva Martins, que também é responsável pelo Programa Comunitário em Mediação e Práticas Restaurativas (MP na Comunidade). A atividade foi realizada em parceria com o Centro de Apoio Operacional de Defesa da Pessoa Idosa e da Pessoa com Deficiência e com a Rede de Leitura Inclusiva (Fundação Dorina Nowill para Cegos). 

O treinamento foi conduzido pela pedagoga e professora da Sala de Recursos Multifuncionais da rede municipal de educação de São Luís, Denise da Silva Costa, por técnicas da Superintendência de Educação Especial da Secretaria Municipal de Educação, além dos professores da Escola de Cegos Maria Raimunda da Silva Rocha e José Ribamar Mesquita Alves.