Plantão

FIEMA, SESI e FAMEM se unem em ação humanitária em favor das pessoas atingidas pelas chuvas

A Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (FIEMA), o Serviço Social da Indústria (SESI) e a Federação dos Municípios do Estado do Maranhão (FAMEM) participaram na tarde desta sexta-feira (31) do evento que lançou a ação humanitária em favor dos desabrigados e desalojados pelas chuvas no estado. A ação atende a uma solicitação do Ministro das Comunicações, Juscelino Filho, junto à Confederação Nacional da Indústria (CNI), que por meio do SESI-MA e da FIEMA, viabilizou a aquisição de 10 mil cestas básicas que serão doadas às vítimas das enchentes em todo o estado.

Na ocasião, foi assinado o termo de doação entre a FIEMA, SESI e FAMEM. O presidente da FIEMA, Edilson Baldez, destacou a importância da ação: “Estamos mobilizados juntos com o poder público, por meio da FAMEM, para que as doações atendam as comunidades que precisam. Nós empresários, que somos todos maranhenses, nos sentimos na obrigação de dar as mãos e atender os mais necessitados’, frisou Baldez.  

“Fico muito feliz que a FIEMA tenha essa sensibilidade de ajudar as famílias que precisam”, falou Ivo Rezende, presidente da FAMEM, acrescentando que todos os agentes políticos estão atentos a essa ação humanitária. O Ministro das Comunicações, Juscelino Filho, disse que o Maranhão passa por um momento difícil e que a FIEMA e a CNI têm sido grandes parceiras dessa ação solidária. O vice-presidente da FIEMA, Cláudio Azevedo, parabenizou o ministro pela forte atuação em Brasília e por olhar de perto a situação em que vive o Maranhão nesse momento.