Estado entrega mais de 400 recibos do Cadastro Ambiental Rural em São Luís e Paço do Lumiar

O Governo do Maranhão, por meio da Secretaria de Estado da Agricultura Familiar (SAF) e Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural (Agerp), realizou nesta sexta-feira (03) a entrega de 415 recibos do Cadastro Ambiental Rural (CAR) para as comunidades Cajueiro e Arraial, localizadas em São Luís e para a comunidade Carlos Augusto, do município de Paço do Lumiar.

A entrega foi realizada na sede da Agerp, numa cerimônia simples e com todos os cuidados sanitários e de distanciamento social. Os representantes das comunidades receberam seus recibos do CAR e levaram para suas comunidades o Cadastro dos demais moradores. O CAR é o registro do domicílio rural, garantindo acesso do agricultor e agricultora familiar às políticas públicas, assim como o crédito. No Maranhão, o programa é executado pela SAF, com o apoio dos Escritórios Regionais da Agerp.

“A entrega de mais de 400 CAR mostra a seriedade com que o Governo do Estado, por meio da SAF, AGERP e o Iterma, juntamente com as empresas contratadas estão conduzindo essa política tão importante para os agricultores familiares, assentamentos, territórios e comunidades tradicionais. O CAR é uma ferramenta que visa, principalmente, a regularização ambiental das propriedades rurais e garante também, aos homens e mulheres do campo, acesso ao crédito rural”, pontuou Luciene Dias Figueiredo, secretária Adjunta da SAF.

A agricultora familiar da comunidade Arraial, zona rural de São Luís conta que o CAR é uma grande vitória para ela e para toda sua comunidade. Ao todo, a comunidade recebeu 219 Cadastros.

“É com grande alegria e com sentimento de vitória que estou recebendo meu CAR, é um documento de grande importância para mim e para minha comunidade. Sou agricultora familiar e com esse documento aqui eu vou poder acessar o Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar), que é um programa que incentiva e financia as atividades da agricultura familiar. Tenho certeza, que a partir de agora tudo vai melhorar”, declarou Maria Antônia, agricultora familiar da comunidade Arraial.

Até o final de junho, só a regional de São Luís realizou 1.595 Cadastros Ambientais Rurais Individuais e 2.946 Cadastros Ambientais Rurais coletivos em 53 comunidades de São Luís, Paço do Lumiar, Raposa, São José de Ribamar e Alcântara.

“É com grande satisfação que estamos recebendo líderes de três comunidades da grande ilha para fazer essa entrega tão importante para o desenvolvimento da agricultura familiar. Com esse documento essas famílias poderão acessar várias políticas públicas. O trabalho não para, nós contamos com 19 Escritórios Regionais da AGERP estruturados para apoiar os agricultores e acompanhar os trabalhos das empresas contratadas na execução do CAR”, enfatizou Loroana Santana, presidenta da Agerp.

Desde dezembro de 2019, o Governo deu início ao CAR em todo o estado, por meio do projeto Mais Sustentabilidade no Campo, e conta com investimentos na ordem de R$ 41 milhões do Banco de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) apoiado pelo Fundo Amazônia. Serão realizados 182.500 cadastros para agricultores familiares individuais e territórios coletivos como os povos tradicionais: quilombolas, quebradeiras de coco, extrativistas, pescadores e assentamentos estaduais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.