O Maranhense|Notícias do Estado do Maranhão

Dia Municipal de Prevenção, Orientação e Combate ao AVC chama atenção para sintomas e diagnóstico da doença

Nesta sexta-feira (29), as atenções municipais se voltam às discussões educativas sobre o Acidente Vascular Cerebral (AVC) no Dia Municipal de Prevenção, Orientação e Combate ao AVC, data instituída por meio da Lei nº 6.929, de autoria do vereador Dr. Gutemberg (PSC). O objetivo da data é informar a população, por meio de pesquisas e ações educativas, acerca dos sintomas, diagnóstico e tratamento do AVC, com o intuito de contribuir para a redução do número de casos.

O QUE É AVC

O acidente vascular cerebral (AVC), também conhecido como derrame cerebral, ocorre quando vasos que levam sangue ao cérebro entopem ou se rompem, provocando a paralisia da área cerebral que ficou sem circulação sanguínea. A doença, mais comum em homens, pode levar à morte, além de ser uma das principais causas de incapacitação e internação em todo o mundo.

O diagnóstico precisa ser feito rapidamente, pois, dessa forma, é possível iniciar o tratamento o quanto antes, ampliando as chances de recuperação completa. Nas principais cartilhas de prevenção ao AVC, aconselha-se como primordial ficar atento aos sinais e sintomas, e procurar atendimento médico urgente, assim que os sintomas forem detectados.

“Identificar os sintomas rapidamente é crucial para que o acidente vascular cerebral comprometa o mínimo possível de funções do paciente, por isso, se torna tão essencial que as pessoas saibam reconhecer e procurar um hospital imediatamente”, destaca Dr. Gutemberg.

SINTOMAS

É possível detectar a ocorrência do AVC de acordo com alguns sintomas. Os principais são:

fraqueza ou formigamento na face, no braço ou na perna, especialmente em um lado do corpo;

confusão mental;

alteração da fala ou compreensão;

alteração na visão (em um ou ambos os olhos);

alteração do equilíbrio, coordenação, tontura ou alteração no andar;

dor de cabeça súbita, intensa, sem causa aparente.

“Infelizmente poucas pessoas conhecem e sabem detectar os sinais, portanto, instituir um dia municipal de Prevenção, Orientação e Combate ao AVC, é indispensável para dar maior destaque ao tema e alertar a população para uma das doenças que mais matam no Brasil”, disse Dr. Gutemberg na justificativa do projeto.

COMO SE PREVENIR

Uma vez que o AVC se dá em função do entupimento dos vasos sanguíneos, a doença tem relação direta com a alimentação. Aproximadamente 80% dos casos poderiam ser evitados através do controle de fatores de risco e mudanças nos hábitos de vida. Por isso, alguns dos cuidados podem ser:

Controle da Hipertensão Arterial;

Tratamento do Diabetes;

Redução nos níveis de Colesterol;

Redução de peso;

Prática regular de exercícios físicos;

Não fumar ou parar de fumar;

Tratamento da Síndrome da Apneia do Sono;

É muito importante também manter um acompanhamento médico regular e realizar exames de acordo com cada caso.