.

Dia das Mães deve movimentar o comércio: cenário da economia é otimista para a data

Comemorado sempre no segundo domingo do mês de maio, o Dia das Mães existe no imaginário popular como um dia de celebração do amor em homenagem à figura da pessoa que cuida, zela e protege os filhos. Segundo as estatísticas, a vontade de retribuir sob a forma de presentes todo o carinho recebido continuará em alta no ano de 2023. Segundo pesquisa da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Maranhão (Fecomércio/MA), mais de 60% das pessoas têm intenção de presentear alguém nesta data. O resultado é similar ao bom desempenho registrado no ano passado. 

A professora do curso de Administração da Faculdade Estácio São Luís, Perla Berwanger, destaca a relevância da data para o segmento comercial. “Este período é permeado de sentimentos e afetos. Sabemos que a relação entre mães e filhos é diferente e muito especial, o que, somado ao apelo comercial, aumenta a vontade de comprar algo para as mães”, explica.

A profissional analisa que o cenário da economia em 2023 é positivo e está aquecido nesta data comemorativa, comparando os resultados de anos anteriores. “No ano passado, tivemos uma movimentação no comércio bem acentuada, especialmente em São Luís. Muitas pessoas que estão longe ou moram longe, por exemplo, fazem um esforço maior para confraternizar, aproveitando o momento em que já podíamos voltar a nos abraçar. A pandemia mostrou a importância de valorizar a aproximação. Então, o comércio se mostra ainda mais aberto e receptivo a este fenômeno”, afirma. 

Restaurantes, lanchonetes, cafés… o comércio em geral que oferece produtos de banho, perfumaria e itens relacionados ao bem estar feminino são exemplos de segmentos com alto potencial de vendas. Em 2023, são os eletrodomésticos que ocupam o primeiro lugar na escolha de presentes para as mães: são a opção de 32% dos ludovicenses. Produtos como geladeiras, air fryer, televisores, liquidificadores, cafeteiras e smartphones estão entre os itens de destaque da lista. A perfumaria e os cosméticos aparecem logo em seguida, assim como artigos de vestuário e joias.

“É uma época especial, em que já foram registradas a presença de venda e o consumo até maiores que o Natal, de forma comparativa”, destaca Perla. 

Sendo assim, a expectativa é que os próximos dias sejam de lojas movimentadas na capital maranhense. Segundo a especialista, as lojas que se preparam com mais antecedência tem mais chance de elevar o ticket médio, como é chamado o indicador de performance de venda. “Quanto mais os locais de comércio se prepararem com antecedência, com estoque, portfólio, assegurando uma comunicação efetiva direcionada às mães, certamente o retorno pela procura será muito positivo”, finaliza.